Cinco raças de cachorro que adoram brincar

As raças de cães variam muito entre si. Não é por acaso que existem diferentes classificações para elas, afinal, suas “funções” podem ser diversas. Podemos encontrar cachorros que foram especialmente criados para companhia, outros para pastorear rebanhos e outros para caçar…

Com o passar do tempo, os “ofícios” dos cães foram sendo deixados cada vez mais de lado e, com isso, eles ganharam espaço dentro de nossas casas. É claro que nem todos são “cães de sofá” o tempo todo, mas o ideal é saber escolher e adaptar sua rotina de acordo com as necessidades do pet.

Mesmo sendo mais “caseiros” hoje em dia, alguns cachorros, por terem muita energia ou pelas características da raça, acabam sendo bem mais brincalhões do que outros. A seguir, você confere cinco deles:

Border collie

Focado e muito inteligente, o border collie é, em geral, um viciado em brincadeiras. Bolinhas, frisbees e afins são seus acessórios favoritos. Se você não estipular horários certos para brincar, esse cachorro vai ser bastante insistente até conseguir fazer ceder.

Pastor de shetland

Bem parecido com o border collie no quesito gosto por brincadeiras, o pastor de shetland, se acostumado desde filhote a interagir bastante, também se torna um brincalhão incansável, especialmente com bolinhas e pelúcias que pode perseguir.

Jack russel

O jack russel possui uma energia inimaginável para o seu tamanho. Esse terrier tende a brincar com tudo o que é proposto, desde pelúcias até perseguir outros animais e brinquedos variados.

Labrador

O retriever do labrador é considerado um verdadeiro “pau pra toda obra”. Versátil, ele nunca nega uma boa brincadeira, seja “em terra firme”, seja dentro d’água, algo que eles amam demais!

Beagle

O beagle é um cão cheio de energia e super brincalhão que gosta de interagir não somente com as pessoas, mas também com outros animais, especialmente cachorros, pois a raça foi criada vivendo bem em matilha.

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.