Dicas para deixar sua casa segura para um gato idoso

A casa representa um verdadeiro porto seguro para o seu gato, principalmente se ele for mais idoso. O bichano conhece cada cômodo do lar, já elegeu seus cantinhos preferidos e sabe onde encontrar comida e água fresquinha quando quer. Porém, com o passar dos anos, as necessidades de acessibilidade dele vão mudando e é preciso ficar atento para que o seu filho crescido permaneça em um ambiente seguro. 

A preocupação com o felino é necessária pois à medida que ele envelhece aumenta a probabilidade de desenvolver problemas na visão, audição, artrite ou outros problemas nas articulações. Mas calma, a gente traz dicas valiosas para manter a casa segura para o seu gato não passar apuros.

Caixa de areia

Além de não ter a mesma agilidade de outrora, um gato senil tende a ter menos controle sobre sua bexiga e intestino. Então fique atento à localização da caixa de areia de maneira que ela seja encontrada por ele com o menor esforço possível, além disso, prefira as caixas de areia que tenham lados inferiores, assim você facilita a entrada e saída do animal – já que a maioria pode ter dor ao entrar e sair da bandeja pelos movimentos que precisam fazer. Nesta publicação, falamos sobre as melhores práticas com a caixinha. 

Se você mora em uma casa de dois andares, coloque uma caixa de areia em cada andar. Ah, o mesmo vale para os potes de água e comida.

Acesso aos lugares preferidos

Aquele cantinho lá no alto da estante é o lugar preferido do seu gato para um cochilo, só que a cada dia ele mostra mais dificuldade em chegar lá? A gente sabe que oferecer um novo local de descanso não é uma tarefa das mais fáceis. A dica é facilitar o acesso utilizando cadeiras, banquinhos ou escadas específicas para gatos, verificando sempre se os itens estão dando a firmeza necessária para o bichinho não escorregar e se machucar.

Lembre-se das brincadeiras

É natural que seu gato queira mais momentos de soneca e fique tempos maiores de preguiça na janela tomando sol. Mas é importante que você incentive as brincadeiras, pois elas ajudam a mantê-lo saudável. Descubra maneiras gentis de brincar com ele e aposte em novos brinquedos para chamar a atenção do bichano. Na Petlove você encontra diversas opções de brinquedos e dicas sobre como brincar com seu gatinho

Outras dicas importantes

  • Luzes, principalmente noturnas, em corredores e ambientes escuros ajudam o gato com baixa visão e evitam acidentes.
  • Evite reorganizar os móveis ou criar novos obstáculos em casas. 
  • Se seu gato está perdendo a audição, aproxime-se sempre pela frente para evitar assustá-lo.
  • Alimentação de qualidade é ainda mais importante para os vovôs gatos. Se a mastigação ficar mais difícil, mude para uma dieta enlatada, sachês ou misture-os com a ração.

Vale sempre lembrar que o acompanhamento período de um médico veterinário de sua confiança vai garantir mais qualidade de vida para que o seu filho de quatro patas possa envelhecer da melhor maneira ao seu lado.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

É jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.