Como Educar Cães a Urinar no Local Correto

É comum ver pessoas se queixando que seus cães fazem xixi fora do lugar indicado. A reclamação, na maioria das vezes vem de donos de filhotes de cachorro macho, pois assim que entram na fase adulta, começam a querer demarcar todo o território urinando por todo lado, uma atitude natural e instintiva. Há também alguns cães que fazem xixi pela casa quando estão amedrontados com alguma coisa, como uma explosão de fogos de artifício ou similares.

Alguns direitos reservados por koke

“O ato dos cães machos de urinar nos lugares que ele frequenta indica uma demarcação territorial para os outros cães.”

O ato dos cães machos de urinar nos lugares que ele frequenta indica uma demarcação territorial para os outros cães, como se o cãozinho estivesse fazendo uma grande cerca com o seu cheiro característico, reconhecido pelos demais cães. Por isso que é muito comum um cão urinar em um cantinho na rua e em seguida outro parar, cheirar e tomar o território do outro urinando por cima. Dentro de casa, nem adianta brigar com o animal que ele vai continuar fazendo isso, mesmo que ele leve bronca todo dia porque é algo instintivo. A única maneira eficaz de diminuir e em alguns casos até zerar esse problema é com a castração do cão, pois com ela há uma diminuição do hormônio masculino e consequentemente, uma menor necessidade de demarcação de território do animal. A castração dos machos é uma cirurgia simples e de recuperação rápida, mas que deve ser feita por um médico veterinário sempre.

Já nos casos dos cães que fazem xixi por medo demonstram que há alguma situação nova que não é bem recebida por ele, como um barulho estranho que seja assustador para o bichinho ou o caso de um estranho que tenta se aproximar de um jeito que ele não goste. Nesse caso, deve-se evitar que os cães sofram essa experiência do barulho seguindo as dicas que foram ensinadas anteriormente em “Cães e o Medo das Bombas e Fogos de Artifício no Réveillon”, da forma que quando uma pessoa entra pela primeira vez no ambiente que o cãozinho estiver, recomenda-se que ele não se aproxime nem tente nenhum gesto brusco durante uma possível crise. Nesse caso, o melhor a fazer é instruir o visitante a ficar parado até o animal demonstrar que não está com medo, pois aos poucos ele vai vendo que está tudo bem e o xixi não acontece.

Nos dois casos, a bronca é a pior atitude para esta situação e nunca deve ser dada, porque ela acaba agravando a situação. Por isso, recomenda-se apenas limpar o local o mais breve possível usando um eliminador de odores para higienizar o local. Em seguida, o dono precisa analisar e entender o porquê do animal fazer o xixi fora do local correto para prevenir um novo episódio, se possível adestrando o animal para usar um banheiro para cães ou um tapete higiênico e no caso da demarcação de território, castrando o cãozinho. É importante lembrar que os pets “entendem” o mundo de forma diferente à dos humanos, por isso é responsabilidade do dono guiar e educar o cão para que ele aprenda a se comportar harmonicamente com o ambiente e com as pessoas que o rodeiam.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

2 Comentários

Deixe um comentário