Como Evitar Cães e Gatos Pidões Durante a Refeição

Chega a hora da refeição, a família se senta ao redor da mesa e então o animalzinho de estimação da casa se coloca a postos para pedir por algum pedaço daquilo que alguém estiver comendo. Para chamar a atenção eles pulam, latem (ou miam), choram e usam o golpe baixo do olhar de piedade, tudo para conseguirem o que querem. Muitas pessoas se sentem incomodadas com esse comportamento, principalmente se tiver visita em casa, mas o que fazer para mudar isso?

Primeiramente, evitar esse tipo de comportamento é benéfico tanto para as pessoas quanto para os cães e gatos, pois a questão vai além do incômodo que causado na hora da refeição. É importante salientar que oferecer alimentos humanos ao pet pode causar alterações na nutrição e até fazer mal a ele. Portanto, o dono deve ensinar os bons modos ao bichinho corrigindo esse hábito dedicando um pouco de tempo e paciência.

Para iniciar a mudança, o dono deve mudar suas próprias atitudes. Um grande erro é o dono dar um pouquinho de sua comida para o bichinho durante essas crises, pois ele irá associar que seu comportamento errado está sendo recompensado com um agrado. Para que o animal pare de pedir para fazer uma boquinha fora de hora é preciso que o dono ignore completamente essas “birras” feitas por eles, além de se certificar que ninguém da família está dando nenhum pedacinho de comida de gente para ele, senão todos os esforços educativos do dono feitos até aqui terão sido em vão. Não importa o quanto o animalzinho pule, dê latidos, mie ou chore, é necessário ser forte e não oferecer nenhum tipo de atenção ao pet nesse momento, porque aos poucos ele vai cansar de tantas tentativas fracassadas e desistirá.

Em uma matilha de cães selvagens, o cachorro-alfa é o que come primeiro. No caso dos cães domésticos, o alfa é o dono que deve almoçar ou jantar primeiro com sua família para que em seguida o cãozinho se alimente, pois ele irá entender isso como uma ordem e que ele é o dependente da história. Quando o dono for oferecer a comida ao cão, ele deve esperar até que o bichinho se acalme para que ele possa liberar a ração.

Normalmente é recomendado um horário fixo para a alimentação dos cãezinhos e gatinhos, mas se eles se tornarem muito desobedientes por conta disso, é melhor que se mantenha o hábito de alimentá-los em horários diferentes a cada dia. Isso porque o bichinho terá que entender que o dono é quem controla a comida, sendo que não é bom que o cachorro e o gato criem expectativas na hora da refeição.

Por fim, é importante lembrar-se que receber atenção na hora errada é o principal motivo de problemas de comportamento canino. Se o comportamento das pessoas mudar, a família terá refeições mais tranquilas e o animalzinho manterá sua nutrição adequada. Porém, fora dos horários de refeição, o dono deve dar toda a atenção e carinho que o pet necessita.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

3 Comentários

  • Olá, tenho três gatinhas castradas em casa, porém elas comem toda hora…e se caso não colocar comida elas miam ou ficam nos procurando. Quais as atitudes que devo tomar? Obg

Deixe um comentário