Como fazer meu cão não aceitar comida de estranhos

meucaomeuamigo.blogspot.com

meucaomeuamigo.blogspot.com

Quem nunca tentou chamar a atenção de um cãozinho oferecendo algo gostoso para ele comer? Geralmente é a maneira mais fácil e rápida de conseguir atenção do pet, afinal, quem não gosta de comer algo diferente e gostoso?

Se seu pequeno costuma aceitar comida de qualquer pessoa, mesmo de quem ele não conheça, fique atento e treine-o para que não aceite mais. Isso pode causar problemas e gerar maus comportamentos no futuro.

Por que aceitar comida de estranhos pode ser um problema?

Apesar de parecer algo normal e algumas vezes até atencioso por parte da pessoa desconhecida que oferece algum alimento para seu pequeno, isso pode trazer alguns problemas. Mesmo que a pessoa em questão não tenha intenção alguma de causar qualquer desconforto para você ou para seu peludo.

Não é raro uma situação dessas acontecer quando estamos fazendo um passeio com nossos companheiros em lugares com bastante movimento, como parques, praças e até mesmo shoppings que aceitam cães. Às vezes a iniciativa vem dos nossos próprios cãezinhos, que muito xeretas e curiosos, se aproximam de estranhos que estão comendo algo, que por sua vez acabam oferecendo o alimento para o peludo sem mesmo perguntar para nós, tutores, se ele está acostumado e pode comer tal alimento.

Se isso acontecer com seu peludo, é bem provável que ele irá gostar da nova experiência de ganhar um agrado de alguém que ela não conhece e com certeza irá pedir comida para estranhos mais vezes quando tiver oportunidade. Isso porque ele aprendeu que ao se aproximar de qualquer pessoa que esteja comendo algo, mesmo sem conhecê-la, ele irá ganhar algo bom – uma comida diferente e gostosa.

Isso a médio prazo, pode desenvolver um mau comportamento no seu pequeno em locais públicos, pois ao se aproximar de pessoas que ele e você não conhecem, ele poderá assustar ou amedrontar alguém que tem medo ou que não simpatiza muito com cães. Para aprender a ter um cão comportado em locais públicos, clique aqui.

Sem contar que infelizmente existem pessoas com má índole e que por algum motivo querem prejudicar seu peludinho, oferecendo algum alimento para atraí-lo para longe e roubá-lo ou até mesmo oferencendo algo tóxico ou envenenado para fazer mal a ele. Infelizmente algumas pessoas não sabem como cuidar de seus peludos e maltratam eles, veja aqui o final feliz que um dócil cãozinho abandonado teve.

Como treinar meu cão para não ter esse comportamento?

Bom, primeiro vamos dar algumas dicas para que você ensine seu “pidão” a não tomar a iniciativa de se aproximar de desconhecidos e pedir algo para comer, assim será mais fácil de ensiná-lo a não aceitar a oferta quando a iniciativa vier por parte de um desconhecido.

Estátua – Assim que você perceber que seu cãozinho está se aproximando de alguém e que ele irá pedir algo para comer, pare de andar e só volte a caminhar com ele quando ele deixar de tentar se aproximar a pessoa.

Explique – Caso você tenha percebido tarde demais que seu cãozinho estava se aproximando de alguém para pedir comida, e ele já esteja pedindo para o desconhecido, explique com educação para a pessoa que você está treinando para que ele não aceite comida de pessoas desconhecidas. Com certeza ela irá entender e não dará nenhum alimento sem sua permissão.

Depois que você ensiná-lo que ele não deve ter a iniciativa de pedir comida para pessoas, treine-o para que ele aprenda a não aceitar comida caso a iniciativa venha por parte de outra pessoa, e não dele. Esse treinamento pode ser mais difícil do que parece e demorar um pouco mais do que esperado. Ele poderá ficar confuso, uma vez que receberá dois comandos opostos de duas pessoas diferentes ao mesmo tempo. Vamos dar algumas dicas para que você consiga ser a voz que ele irá escutar quando receber dois comandos opostos:

Não espere acontecer –  Você já deve ter ouvido alguém dizer que é “melhor prevenir do que remediar”. Por isso, não deixe para ensinar seu pequeno a não aceitar alimento de alguém só quando a situação acontecer. Treine antes assim quando a situação acontecer na prática ele não terá um comportamento indesejado pois você já o ensinou como se comportar diante um cenário desses. Com certeza essa é a melhor forma de evitar que você se encontre nessa posição.

Ensine-o que a presença da recompensa (alimento ou brinquedo) não significa que ele tem permissão para comer ou para pegar o brinquedo. Mas sim que ele poderá ter recompensa quando você der o comando específico de que ele pode seguir em frente. Faça com que ele espere alguns segundos com a recompensa ao alcance dele para ele entender que só tem permissão ao seu comando e então o libere para comer ou para pegar o brinquedo. Não se esqueça de sempre dar um agrado extra sempre que o exercício for bem sucedido. Reforço positivo é sempre a melhor forma de seu cãozinho aprender. Saiba mais sobre reforço positivo clicando aqui.

Todo esse processo pode ser bastante desafiador e requer um treinamento intenso, mas nunca use de métodos que possam causar desconforto ao animal. Lembre-se que alguns cães podem demorar um pouco mais para aprender esse comando.

Peça ajuda – É muito válido ter ajuda de terceiros nesse treinamento. Peça para que seus familiares e amigos façam o mesmo treinamento com seu peludo, assim quando outra pessoa oferecer um alimento a ele, ele esperará o comando de permissão para comer, mesmo tendo alcance a comida.

Esse treinamento pode não ser tão fácil de seu cachorro aprender, mas com certeza você e seu pequeno estarão mais seguros e terão uma relação mais feliz quando ele aprender a obedecer seus comandos. Mesmo quando seu pet aprender a obedecer aos seus comandos, pode ser que não funcione em 100% dos casos, mas sem dúvida será mais eficiente do que usar o comando somente quando a situação acontecer. Faça passeios com frequência para testar na prática o que ele fará caso uma situação dessas aconteça. E se precisar de ajuda com os passeios podem contar com os profissionais da Pet Anjo para oferecer o melhor passeio que seu cão pode ter.

Sobre o autor

Carolina Rocha

Carolina Rocha

Médica veterinária e mestre em comportamento animal pela USP. Fundadora da empresa Pet Anjo que oferece dog walker, pet sitter e hospedagem com qualidade excepcional. Site: www.petanjo.com / www.blog.petanjo.com / www.carolinarocha.com.br

9 Comentários

  • Tenho um Golden Retriever fêmea e quase nunca ofereço nossa comida a ela, porém, tenho uma tia que quando vai à minha casa, sempre oferece coisas “gostosas” a ela. Já pedi a minha tia para parar de dar esse tipo de alimento, mas nunca me ouve, diz que fica com dó e que não faz mal e para não desrespeita-la fico quieta. Ultima vez que ela foi nos visitar, ela ofereceu tanta coisa para minha peludinha, que ela sopitou de tanto comer, e para piorar, fica sem comer a ração própria, esperando em ganhar coisas “gostosas” de nós. E a melhor forma que encontrei foi em oferecer apenas a ração a ela, mesmo que ela fique uns dois dias sem comer nada. Não sei como pedir mais a minha tia de parar de dar esse tipo de alimento para minha bonequinha… 🙁

    • Ahhhhhh se fosse comigo Camila. Diga isso a ela, que da última vez que ela comeu o que lhe foi dado ela passou mal e ficou 2 dias sem comer. Eu já mandava um “ela quase morreu e eu quase fali com os cuidados médicos que tive que arcar por conta do que ela comeu” … e já dá a dica que a conta, caso aconteça novamente vai pra ela pagar. Com todo respeito a sua tia claro, mas depois quem fica com as consequências é você. Fala que sua bonequinha é toda cheia de frescura e tal … antes passar por chata que ver a coitadinha sofrendo denovo.

      Beijo !

  • Olá Márcia,tenho 2 Shith Tzu e com menos de 2 meses já faziam no tapete higiênico.
    Mas não podemos comparar, cada um tem o seu tempo, ela é um bebê tenha paciência.
    Você tem que observar o momento que ela provavelmente irá fazer e deverá chamá-la mostrando o tapete higiênico, se já estiver fazendo pegue e a coloque em cima do tapete higiênico para que ela termine nele.
    Assim que ela acordar, depois de se alimentar e beber água interrompa as brincadeiras e a leve até o tapete higiênico.
    Tenha paciência e dedique esse tempo que ela aprenderá.
    Espero ter ajudado, abraço.

  • Olá Gilcelia,tenho 2 Shith Tzu de 1 ano e uma delas tentou comer quando era filhote mas eu consegui evitar, ela não chegou a comer.
    Tem um remédio que você pode dar para ela, vai deixar o cocô bem amargo.
    Fale com um Veterinário para que ele receite.
    Pode acontecer da sua cachorrinha comer mesmo estando amargo então você pode usar outros métodos.
    Eu não precisei dar o remédio, optei por observar o momento que ela fazia e evitava que ela encostasse a boca e sem ela perceber colocava em cima algo que o cheiro a incomodava como um pouco de Vinagre, molho de pimenta ou perfume então eu deixava ela se aproximar mas ao se aproximar o cheiro a impedia de comer.
    Espero ter ajudado, abraço

  • Tenho uma yorkshire de três meses e ainda não consegui ensiná-la a fazer o xixi e o cocô no tapete higiênico. Ela faz no apto todo. Tento ensiná-la mas ela continua fazendo. É assim mesmo? Demora para aprender? Tem alguma técnica para ensinar?

    • Glicelia gostaria de relatar a minha experiência relacionada ao mesmo fato que ocorre com seu cãozinho. O meu quando veio morar no meu apto fazia o mesmo. Dei remédio e tentei varias outras formas de evitar, então passei a levar regularmente a rua para que ao passear ele fizesse coco. O problema acabou porque eles comem para esconder, pois não querem fazer dentro de casa.

    • Existe tratamento com medicamento e ela está com uma deficiência de um certa vitamina.Leve a um veterinário em alguma loja de ração de sua confiança ,que com toda certeza vai te prescrever esse medicamento.Ele é barato e funciona mesmo!
      Boa sorte !!!

Deixe um comentário