Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Como interagir com cachorro desconhecido

Se você é Felícia ou ama mexer com cães na rua, você precisa ler isso!

Eu trabalho há mais de 10 anos com comportamento canino. Mas basta passar um cachorro fofinho que eu já quero ir lá agarrar. Ai minha nossa senhora das Felícias. Tem muita beleza peluda desfilando por aí.

Se você quer ser amada(o) por todos os cães, eu tenho muitas dicas para te dar. Principalmente se você quer evitar possíveis mordidas.

Não é pelo simples fato de você gostar de cachorro, que fará com que todos os cães caiam de amores por você. Todo amor é conquistado através do respeito. Sim, você deve respeitar o espaço do cachorro. 

pessoa mexendo em um cachorro deitado na cama

Vamos começar pelo que NÃO fazer ao se aproximar de um cachorro.

  • NÃO abrace o cachorro
  • NÃO chegue com a mão para fazer carinho
  • NÃO corra na direção do cachorro
  • NÃO dê a mão para o cachorro cheirar
  • NÃO grite ou fale alto com o cachorro
  • NÃO insista na aproximação se ele sair ou se esquivar
  • NÃO force a interação puxando a coleira/ guia (mesmo que o tutor deixe)
  • NÃO encare o cachorro nos olhos
  • Pergunte ao tutor se pode mexer com o cachorro

Eu sei que alguns dos itens acima podem causar estranhamento. Principalmente a parte de não dar a mão para o cachorro cheirar. Afinal, aprendemos isso desde pequeno. Mas vamos fazer um exercício de se colocar no lugar do cachorro? Imaginemos que somos apenas uma criança no auge de seu um ano de vida. E vem uma pessoa grande e desconhecida em nossa direção, olhando fixamente, sorrindo e com a mão estendida para o nosso rosto. Minimamente invasivo, né?!

Eu não sei aonde está a regra de “não toque no bebê” e “não toque no cachorro”, que não foi passada para mais da metade da população.

Nossa, eu sofro muito com isso por causa da Aurora. Eu tive que ensiná-la a fugir das mãos sem noção. Ela é super medrosa e não suporta que um estranho toque nela. Tem que pelo menos pagar um jantar, vai (risos). 

Ok, então como eu devo me aproximar de um cachorro?

Duas regrinhas simples:

  • Se abaixe, vire de lado e permita que o cachorro chegue até você
  • Quando o cachorro se interessar pela interação, faça carinho na parte inferior do queixo ou no peito. JAMAIS na cabeça
  • Eu deixo você comprar o cachorro com petiscos. Mas nada de aproveitar que ele se aproximou para fazer carinho, ok?!

Por mais que sejamos Felícias, não podemos obrigar a todos os cães quererem e se sentirem confortáveis para interagir conosco. Eu mesma não sou muito fã de pessoas aleatórias que puxam assunto comigo na rua. O que dirá um cachorro.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Luiza Cervenka

Luiza Cervenka é bióloga, com mestrado em Psicobiologia (comportamento animal), Pós-graduação em Jornalismo e doutoranda em Medicina Veterinária. Assina o blog Comportamento Animal do Estadão e tem quadro pet no Programa Revista da Manhã na TV Gazeta. Atende cães e gatos como Terapeuta Comportamental.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.