Como transportar o seu gato no carro?

Alguns cuidados devem ser tomados quando falamos em como transportar gatos. É de suma importância que o gato seja transportado em locais apropriados e não solto dentro do veículo. Assim como as crianças necessitam de cadeirinha apropriada, os gatos precisam de uma caixa de transporte adequada. 

Gatos são animais que se estressam com facilidade e transportá-los para outro lugar – mesmo que próximo da onde ele viva – pode desencadear alguns comportamentos prejudiciais à sua saúde. Os comportamento pode variar de gato para gato e a atenção deve ser redobrada para evitar qualquer acidente ao mal-estar.  A seguir daremos algumas dicas para evitar que isso ocorra.

Caixa de transporte

A escolha da caixa de transporte é fundamental, seja para perto ou para lugares de maior distância, e deve ser segura para transportar os gatos. As caixas são bem semelhantes a pequenas gaiolas. Para deixá-las mais confortáveis e atrativas, tente colocar algumas cobertas e brinquedos. 

Uma dica que damos é tentar acostumar o gato na caixa de transporte antes de utilizá-la. Você pode fazer isso deixando a caixa com fácil acesso e deixando objetos que atiçam a curiosidade o seu gato, como brinquedos e petiscos. É indicado também cobrir a caixa de transporte com uma toalha, a fim de evitar que gatinho fique ansioso no percurso e se sinta seguro durante a viagem.

Alimentação durante a viagem

Com essa questão deve-se ter uma atenção redobrada. Converse com um médico veterinário de sua confiança para saber se deve ou não alimentar o seu gato durante a viagem. A alimentação pode ocasionar um mal estar e deixá-lo enjoado. O uso de medicamentos para evitar o enjoo também deve ser discutido com o médico veterinário. Nunca medique o seu pet sem antes consultar um profissional. 

Observe o gato após a viagem

Como sair do seu ambiente é totalmente estressante para os gatos, é fundamental que você analise o comportamento dele após a viagem. Alguns podem parar de comer ou se sentir enjoados. Por isso, caso o gato apresente qualquer comportamento diferente do normal, leve-o ao médico veterinário imediatamente. 

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.