Top 5 raças de gatos Petlove

O nosso Top 10 raças de cães Petlove fez um sucesso imenso em todas as nossas redes sociais entre os petlovers. Ficamos curiosos e buscamos em nosso cadastro pet quais raças de gatos são as mais amadas.

O resultado foi um Top 5 e a seguir falaremos um pouquinho de cada raça dos bichanos mais amados entre os nossos petlovers.

1º SRD

Em primeiríssimo lugar estão os SRD. No Brasil, os gatos sem raça definida são maioria. Isso porque os criadores estão em um número menor, se compararmos com os criadores de cães. Além disso, a maioria das pessoas não se importam tanto com a raça do bichano e isso faz dos “mestiços” os favoritos.

Por serem misturinhas de diversas raças, as características físicas e comportamentais não são um padrão e variam de gato para gato. São verdadeiras caixinhas de surpresa.

Por conta das misturas entre as raças, possuem chances menores de apresentar doenças hereditárias. Isso os torna seres únicos. Porém, os gatos SRD que vivem em situações menos favoráveis ou de rua são mais propensos a contrair doenças como a FIV (vírus da imunodeficiência felina) e a FeLV (vírus da leucemia felina). Estas doenças comprometem a qualidade de vida do gatinho e fazem com que eles tenham uma expectativa de vida baixa. Por isso, se o seu gatinho antes de ter encontrado um lar estava nessas condições, faça um check up e não deixe de fazer o teste para FIV e FeLV.

2º Siamês

Originários da Tailândia, os siameses são gatinhos super apegados aos seus pais humanos e estão sempre procurando seus afagos, são considerados sociáveis e bem fiéis. Adoram brincar e adoram crianças – principalmente os filhotes, que conseguem acompanhar o ritmo hiperativo da criança. – 

Os gatinhos siameses possuem algumas características bem marcantes, como os seus olhos azul-safira e o focinho alongado.

São considerados gatos muito saudáveis, musculosos e atléticos. Mas apesar disso, assim como em outras raças, algumas doenças de cunho genético podem se manifestar ao longo de sua vida. 

Doenças como estenose aórtica (nesta doença ocorre o estreitamento da aorta – importante artéria do coração -, reduzindo o fluxo de sangue para o corpo), dificuldade respiratória (o nariz achatado e o focinho curto contribuem para a dificuldade), cálculos na bexiga e outros problema renais são bem comuns nos siameses. Por isso, check ups anuais são fundamentais.

3º Persa

Os Persas vieram de uma região chamada Pérsia onde atualmente se encontra o Irã. São gatos completamente tranquilos, calmos e dóceis. Normalmente, gostam de crianças, adoram brincar e gostam de passar um tempo ao lado de seus pais humanos, apesar de não exigirem atenção, gostam de recebê-la e são bem pacientes. Para famílias mais “agitadas” podem ser considerados quietos demais.

Alguns cuidados, principalmente com os pelos, devem ser tomados. Por terem pelos longos e finos, deve-se escovar diariamente a fim de evitar que formem nós difíceis de desembaraçar. 

Assim como todas as raças, o Persa possui predisposição para alguns probleminhas hereditários. Um desses problemas é a dificuldade para respirar devido ao seu focinho achatado, mantê-los em locais onde a temperatura é mais fresca, pode ajudá-lo a não sofrer tanto com o problema. Olhos lacrimejantes (o canal lacrimal dos Persas é bem pequeno e é comum que obstrua) também podem ser observados na raça e apesar de não ser uma condição preocupante, deve-se higienizar diariamente com soro fisiológico a fim de evitar o acúmulo de secreções.

Com todo o seu carisma, os Persas conquistaram o terceiro lugar. Saiba mais sobre a raça aqui.

4º Angorá Turco

Sendo considerados uma das raças mais antigas do mundo, o Angorá Turco ocupou o nosso quarto lugar.

Os gatinhos desta raça são bem carinhosos e dóceis, são gatos brincalhões, são bem comunicativos e adaptam facilmente ao ambiente. São bem curiosos e adoram explorar locais mais altos e o ambiente em que vivem. Como são bem ativos é fundamental que essa energia seja gasta. Então abuse dos brinquedos e atividades.

A perspectiva de vida dos gatos dessa raça é de 18 anos, quando possuem qualidade de vida. Mas apesar disso, a raça predispõe de algumas doenças hereditárias (como a cardiomiopatia hipertrófica, que é a dificuldade do coração bombear sangue para o corpo). Além dessas doenças hereditárias, os gatinhos que possuem o olho de duas cores, tendem a ser surdos.

Assim que adquirir o seu Angorá Turco, procure um médico veterinário e peça orientação para cuidar da melhor forma possível do seu gatinho.

5º Maine Coon

Em nosso quinto lugar e nem por isso o menos amado, os gigantes Maine Coon. Também conhecido como “gigante gentil”, o Maine Coon é uma das raças mais antigas do mundo, mas possui sua origem desconhecida. Suspeita-se que seja um cruzamento entre gatos europeus de pelo longo e gatos americanos de pelo curto. 

A raça é bem inteligente e possui habilidades de caça, pela qual é muito lembrado. Os registros da raça são relativamente novos no Brasil e começaram há duas décadas. São gatos extremamente dóceis, carinhosos e adoram a companhia de seus pais humanos. Por isso, encha-o de carinho! Eles vão amar e retribuir.

O Maine Coon, assim como as demais raças, está condicionado à algumas doenças hereditárias. Uma delas é a displasia coxofemoral que pode ocasionar em claudicação (o gato começa a mancar) e futuramente se transformar em artrite. Os gatos acometidos por essa doença, diminuem a frequência das atividades e brincadeiras por conta da dor. Saiba mais sobre esse gigante aqui.

 

Gostou do nosso ranking das raças de gatos mais amadas entre os nossos petlovers? Deixe o seu comentário e compartilhe o post com os amigos e com os apaixonados pelos bichanos. 

O seu pet gostaria de estar nesse grupo tão amado? Cadastre-o em nosso site.

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.