Comportamento do gato Maine Coon

Um gigante de coração dócil, extremamente apegado a seus humanos, mas com um espírito aventureiro e caçador que o acompanha desde que surgiu, há mais de um século. Esse é um retrato bem honesto da raça de gato maine coon.

Maine Coon

Com incríveis 11 quilos quando adulto, esse felino tem um visual imponente: pelos longos, sedosos e brilhantes que quase convidam nossos dedos a se entrelaçar por eles. Um andar ereto que lhe dá uma elegância de tirar o fôlego. E um olhar que te prende, como se ele estivesse lhe dizendo: me leve para casa e me ame.

Ficou intrigado e ao mesmo tempo encantado com essa descrição do gato maine coon? Esse é apenas o começo. Esse gatinho tem muito mais a contar. E a nos encantar também.

Comportamento

Sabe aquela história que sempre ouvimos (principalmente de quem não gosta deles) de que gato é muito arisco, que não gosta dos humanos, e que se você se mudar de casa ele te abandona? Bem, nada disso faz sentido quando pensamos em um maine coon.

Os criadores de maine coon costumam afirmar que esse é um gato muito sentimental e extremamente gentil, tanto que eles costumam se dar muito bem com crianças, outros felinos e até com cachorros.

Isso mesmo, você não leu errado. A raça de gatos maine coon pode morar em um mesmo lugar onde vivam seus filhos caninos. E eles podem até se tornar grandes amigos. Duvida? Que tal experimentar?

Muito fiel à sua família humana, o maine coon jamais vai te abandonar se, por um acaso, se mudar da sua casa. Ao contrário. Ele fará questão de ir junto e se aconchegar aos seus pés enquanto você vê tevê, ou ficar no seu colo tirando um bom cochilo.

Aliás, estar perto de seus humanos é algo que ele adora. Tanto que chega até mesmo a ficar carente quando passa muito tempo sozinho. Um pouco estranho, não acha? Afinal cansamos de ouvir que os cachorros são os carentes, enquanto os gatos lidam muito bem com longos períodos sozinhos.

Quer saber de outra curiosidade no comportamento do gato maine coon  que o torna tão especial? Sua inteligência. Essa raça é muito esperta e aprende tudo com muita facilidade, se adaptando também a mudanças sem quaisquer dificuldades.

Maine Coon

Treinamento

Como dissemos um pouquinho acima, o maine coon é muito inteligente, então adestrá-lo se torna bem fácil. Mas, como acontece com nossos amiguinhos caninos, a melhor forma para ensinar alguns truques a este felino é enquanto ele for um maine coon filhote, afinal nessa fase ele tem energia de sobra e uma vontade ainda maior de descobrir o mundo.

Não que, depois de adulto, ele se torne um senhorzinho cansado. Ao contrário: os gatos maine coon são bastante brincalhões durante toda a sua vida. Então, você sempre o verá por aí se divertindo com um novelo de lã ou conhecendo alguma decoração de sua casa que ele achou que merecesse um olhar mais atento.

Cuidados

Um ponto muito positivo para quem está pensando em adotar um coon é em relação aos cuidados com o bichinho. Cuidar de um felino dessa raça é, geralmente, simples. Poucos itens merecem uma atenção mais especial, e vamos falar deles aqui agora mesmo.

Um desses pontos que merece atenção redobrada em um maine coon é seu pelo. Como é muito denso, ele precisa de escovação regular, ao menos duas vezes semanas. Ah, seu amigo felino também deve tomar um bom banho. Não aquele banho de gato, regado a lambidinhas, mas de verdade, com muita água e sabão.

Aposto que agora você deve estar se perguntando: como eu faço para dar um banho em um gato? Muito simples: acostumando-o desde cedo. Em geral, a raça de gato maine coon é bem tolerante à água, então isso não será um grande problema.

Além da pelagem, outra área que você precisa se dedicar um pouco mais quando estiver cuidando de seu amigo felino é a alimentação. Embora ele seja até que resistente,ele pode desenvolver certa intolerância a alguns alimentos. Por isso, na hora de saber o que comprar, procure um profissional de sua confiança para lhe dar as orientações necessárias.

Os maine coons, por serem maiores do que a maioria dos gatos, podem ter problemas articulares mais comuns em cães, por isso é preciso cuidado com pulos excessivos, queda e sobrepeso.

Sobre o autor

Ana Luísa

Ana Luísa

Apaixonada por gatos, séries de comédia romântica e livros de suspense. Mãe da Lola Maria e Alice Maria, duas gatas que enchem a vida de amor e a roupa de pelos. Quando encontra algum gatinho na rua sai correndo atrás - mesmo que tenham donos. Sonha em ter um cachorro Vira Lata pra completar a família.

Deixe um comentário