Conheça o “cãolecionador” de gravetos

A prática de colecionar objetos é bem comum entre nós. Que atire a primeira pedra quem nunca agrupou carrinhos, bonecas, figurinhas etc. Mas alguém aí já viu um cachorro que também possui esse hobby? Conheça Bruce, um cão estadunidense da raça Golden Retriever que ficou famoso mundialmente por colecionar gravetos.

Foto: Reprodução/ Instagram

De acordo com seu pai humano, Leo Icenhour, o cachorro iniciou sua coleção após perder o seu único e predileto graveto para uma tempestade de neve. Chateado por ter se separado de seu “brinquedo” favorito, Bruce resolveu não passar por mais situações como essa e, então, resolveu guardar vários e vários pedaços de madeira. Ele já possui mais de 50 gravetos em seu acervo.

Entretanto, para evitar que Bruce sofra novamente, Leo contou para o site Bored Panda que não deixa o cão brincar com os gravetos. Por isso, ele apenas os encontra por aí e leva até a sua casa para anexar à “cãoleção”. Ainda assim, o pai humano destacou que o cachorro tem muitos brinquedos para que se divirta com segurança dentro do lar.

Gravetos = perigo!

Já falando em segurança, o nosso papel é ser o bom e velho “estraga prazeres”. Portanto, devemos alertar que os cães não devem brincar com pedaços de madeira, pois são muito perigosos e podem causar feridas gravíssimas. Além disso, existe a chance do pet se engasgar com o graveto ou se machucar com farpas.

O ideal é utilizar brinquedos apropriados, como o Graveto Nylon da Buddy Toys, que é flexível, atóxico, resistente e ajuda na limpeza dos dentes, ou o Graveto Flex, também da Buddy Toys, que é ótimo para aqueles cães que adoram brincar na piscina.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.