Cuidados pré e pós-castração de cães e gatos

A castração de cachorros e gatos é um procedimento cirúrgico que não é muito complicado, mas precisa de diversos cuidados tanto antes, quanto depois do procedimento. Confira abaixo todos os cuidados pré e pós-castração de cães e gatos.

>> Saiba tudo sobre a castração de pets aqui.

Alguns cuidados são fundamentais para a rápida recuperação de cães e gatos e o sucesso da cirurgia. A castração é importante para evitar prenhez indesejada, doenças e alguns desdobramentos, como o abandono e os maus-tratos. O procedimento cirúrgico costuma ser tranquilo, mas exige diversos preparos prévios e cuidados após castração.

No que consiste a castração?

A castração é um procedimento cirúrgico que deve ser feito por um médico veterinário. Alguns procedimentos ainda pedem a presença de um anestesista veterinário, pois o animal deve estar sob anestesia geral. Apenas um profissional capacitado pode indicar qual o melhor procedimento e tipo de anestesia (inalatória ou injetável) para um cão ou gato.

A anestesia inclusive é um dos motivos para os cuidados após castração. A cirurgia de castração é realizada de formas diferentes em cachorros e gatos, machos e fêmeas. Nos animais machos, o procedimento retira os testículos. Já nas fêmeas, a cirurgia consiste na retirada dos ovários e útero por meio de uma incisão normalmente próxima ao umbigo. Nos dois procedimento, o corte recebe pontos (que podem ser externos e devem ser retirados posteriormente ou internos, sem a necessidade de retirada) e eles exigem cuidados após castração.

Alguns direitos reservados por Nick Mitha

“O colar elizabetano também é muito importante, pois o peludinho sem esse acessório pode retirar seus pontos com a boca e precisar de uma nova cirurgia com urgência.”

Cuidados pré-castração

Antes da cirurgia, o pet passará por uma consulta para ver como está sua saúde e se está apto para a operação. Para isso, o médico veterinário pedirá alguns exames para assegurar se tudo está realmente bem. O responsável então é orientado a garantir a devida restrição hídrica do bichinho de no mínimo seis horas e alimentar de no mínimo doze horas. Isso é extremamente importante, pois garantirá a segurança dele durante o procedimento cirúrgico.

Preparação para a castração

Apesar de ser considerada uma cirurgia de baixa complexidade na maioria dos casos, além de cuidados após castração, a preparação é necessária. Antes da cirurgia, o animal deve passar por uma consulta com um médico veterinário para a análise clínica. O profissional poderá pedir alguns exames como hemograma e eletrocardiograma. Esses cuidados são importantes por causa da anestesia.

Além da consulta e dos exames, o peludinho deverá realizar jejum alimentar e restrição hídrica pelo período solicitado pelo médico veterinário. O tutor também pode se preparar de outras formas, como comprar um colar elizabetano e levar um cobertor para ser usado nos cuidados após castração. Além disso, o vômito após castração não é incomum, portanto prepare-se cobrindo a cama do animal, tapetes e outros lugares previamente para minimizar riscos de sujeira. Levar a caixa de transporte também pode facilitar a retirada do animal da clínica e tornar o trajeto mais confortável.

Cuidados pós-castração

Depois de realizada a cirurgia, o animal ficará em observação na clínica até voltar da anestesia, onde será dada a autorização de seu merecido repouso em casa para receber os devidos cuidados do pós-operatório. No caminho de casa, pode ser que o animalzinho ainda esteja um pouco sob o efeito da anestesia e por isso pode apresentar um comportamento diferente.

Na chegada, o cachorro ou gato precisará apenas de uma casinha ou caminha quentinha para descansar e um comedouro e bebedouro com água e ração para quando ele quiser beber ou comer. Não se deve forçar o peludinho a beber água ou se alimentar quando ele mesmo não demonstrar vontade, pois o pet recebe soro na cirurgia e é normal que ele não sinta fome ou sede nas primeiras horas de pós-operatório. Como foi feita uma incisão, o animal sentirá dor, portanto o médico veterinário indicará um analgésico que deve ser dado na hora certa e pelo tempo prescrito.

Durante o pós-operatório, o pai ou a mãe do pet deverá seguir as orientações que recebeu na clínica e retirar o curativo para a limpeza da sutura diariamente com o auxílio de um produto indicado pelo médico veterinário. Em alguns casos será preciso refazer o curativo utilizando gaze e micropore, mas na maioria dos casos só a limpeza é o suficiente. Nesse período, o bichinho precisará ficar com seu colar elizabetano para impedi-lo de mexer ou retirar o curativo, além de não contaminar o local da cirurgia. O colar elizabetano também é muito importante, pois o animalzinho sem esse acessório pode retirar seus pontos com a boca e precisar de uma nova cirurgia com urgência.

Por fim, uma nova data de retorno ao médico é agendada para que o pet seja reavaliado para a retirada dos pontos. Se os cuidados de pós-castração foram feitos corretamente, consequentemente a saúde do animal estará garantida e ele estará brincando ativamente em breve com toda a família.

Conforto

Assim como nós, os animais precisam de conforto e cuidados pós-cirúrgicos. A recuperação da castração de cachorro e gato precisa de um espaço com a caminha, uma coberta e um pano ou lençol próprio. O repouso do animal deve ser absoluto para evitar que os pontos abram ou que surja um caroço após castração que pode evoluir para uma hérnia.

Água e comida

A hidratação e a alimentação são liberadas de acordo com a orientação do médico veterinário. Não force o animal a comer, já que a anestesia pode deixar o cão ou o gato enjoado provocando vômito após castração. Além do enjoo, outros sintomas após castração comuns são dores leves no local da cirurgia, sonolência, falta de apetite e incontinência urinária. Os sintomas tendem a sumir rapidamente. Caso persistam procure o médico que realizou o procedimento.

Medicamentos

Os medicamentos prescritos pelo médico veterinário devem ser dados corretamente para evitar complicações. Também é comum a necessidade de curativos e limpeza dos pontos feitos sobre a incisão, que deve ser feita apenas sob orientação profissional.

Meu gato tirou os pontos

Os animais instintivamente tendem a lamber ferimentos para promover a cicatrização. Apesar de funcionar na natureza, os produtos indicados pelo médico do seu animal são mais eficazes. Entre os cuidados após castração mais indicados estão o uso de roupa cirúrgica e colar elizabetano. Ambos dificultam o acesso da boca e das patas do animal ao ferimento evitando infecções e machucados. Os pontos devem ser retirados apenas pelo médico veterinário por um procedimento simples que não exige anestesia. No retorno à clínica, é fundamental saber como seguir para que haja uma recuperação correta.

Outros cuidados após castração

Cães e gatos tendem a se recuperar rapidamente e os sintomas após castração simplesmente desaparecem. Porém, outros cuidados pré e pós-castração de cães e gatos podem ser necessários, por exemplo no aparecimento de um caroço após castração. Essa elevação pode ser decorrente da cicatrização, porém é imprescindível a visita a um médico veterinário para avaliação. Alguns médicos veterinários indicam o uso de ração seca para animais castrados outro sugerem o aumento nas atividades físicas. Realize todos os cuidados  corretamente seguindo as orientações de um profissional. Em pouco tempo seu animal estará totalmente recuperado e ainda livre de prenhez indesejadas e reduzirá a chance de diversas doenças, como as sexualmente transmissíveis e alguns tipos de câncer .

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

284 Comentários

  • Bom dia.. castrei minha cachorra ontem ela está vomitando um líquido esverdeado e não sente fome. é normal? Me ajudem por favor estou preocupada.
    Estou dando todos os medicamentos necessários indicados pelo veterinário.
    Obrigada

  • castrei minha cadela , ela está usando o colar e estou fazendo a limpeza duas vezes ao dia e esta tomando antibióticos, porém hoje notei um pequeno caroço tipo uma bolinha meio roxa em cima dos pontos da cirurgia, estou preocupadíssima, aparentemente ela não sente dor pois deixa fazer os curativos . me tirem essa duvida por favor

  • Olá, minha cachorra foi castrada na segunda, hoje é quarta, e percebi um tipo d corrimento na vagina dela. Fede bastante . Isso é normal?

  • Boa noite , , urgente estou muito preocupada castrei minha cachorra a 5 dias , , notei que inchou do lado dos pontos , , tipo uma bolinha, não sei o que fazer estou desesperada me ajudem obrigado Deus abençoe

  • fis a castração de minha cadelinha mais ela após da cirugia entri 24 hora ela só fez xixi uma vez porquer ela só faz xixi si for na rua eu fiquei com medo de leva ela pra rua pra não pegar infecção . posso leva ela no braço e colocar no local que ela faz em frete casa?

    • Não tem como deixar de castrar, os animais sentem medo, como nos quando vamos operar, mas isso logo passa.De qualquer maneira não deixe de castrar.

    • Ola inez

      Não ficou claro na sua pergunta o que esta sangrando, se o corte cirúrgico, ou se outro sintoma (por exemplo urina com sangue, etc). Como você fez a castração hoje, seria legal conversar com seu veterinário e dividir com ele esta duvida. Dependendo da tecnica cirurgica utilizada pode haver um sangramento pós cirurgico.

      Boa sorte

  • Acabei de chegar com minha cachorrinha do pos cirurgico e ela so esta com a malha cirurgica, será que seria melhor eu providenciar o colar?

    • Ola fabiana, inchaço pode ser comum no pós operatório imediato, o importante é não ter secreção ou exsudação. Converse com seu veterinário a respeito, em alguns casos medicamentos podem ser necessários. Parabéns pela atitude de esterilizar seu gato, você vai verificar que a qualidade de vida dela vai melhorar, ela vai ter uma vida mais longa e mais saudável junto com você e sua familia.

      • Eu ja tive um gato que morreu depois da castracao! Ele nao conseguia fazer xixi e nem coco! Ha quatro dias castrei um outro e acho ele meio inchado.ele pode tambem estar sem urinas e fazer coco? Ele sai e aki a area é um pouco grande.entao n tenho certeza mais acho qque ele esta inchado

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.