Cuidados que o gato persa exige

Com uma pelagem imponente, um olhar penetrante e um estilo único, o gato persa é um dos felinos mais charmosos, delicados e conhecidos do mundo. Os cuidados que você precisa ter com ele vão muito além do ambiente em que ele será criado. Obviamente, assim como todo gatinho, o local precisa de telas de proteção e uma adaptação para que ele possa viver de forma saudável. Aqui, queremos que você compreenda a importância dos cuidados com relação às escovações frequentes, os cuidados especiais com os olhos e outros fatores importantes para que seu bichano viva muito bem!

Como cuidar de seu gato persa

Os olhos do gato persa, grandes e de uma beleza incrível, precisam de cuidados, pois eles costumam lacrimejar muito, o que causa desconforto ao bichano, além de ser um prato cheio para que bactérias e fungos se desenvolvam.

Por isso, é importante que os papais sempre limpem os olhos de seu gatinho, com um algodão ou um pano molhado em soro fisiológico. Mas atenção: tenha muito cuidado para não machucar o bichinho, pois alguns gatos podem não gostar de toda essa limpeza.

Por terem olhos grandes e focinho achatado, os gatos persas também são muito propensos às úlceras de córnea e até perfuração dos olhos, não devendo ser expostos a objetos pontiagudos sem supervisão.

Atenção ao banho

O gato persa precisa tomar banho pelo menos uma vez por mês para que seu pelo esteja sempre limpo. Nessa hora, é importante escolher o shampoo certo para o seu bichinho.

Não vá usar o seu shampoo de cabelo! Isso poderá fazer muito mal aos gatinhos. O ideal, para um animal dessa raça, são shampoos neutros, hidratantes, ou com composição especial para aqueles com em seu pelo.

Além disso, depois do shampoo, não se esqueça de aplicar um condicionador especial para gatos, para conseguir escovar os pelos de seu persa – que costumam dar nós com facilidade.

Cuidando dos pelos

Os pelos do gato persa chamam a atenção de quem conhece esse gatinho por causa de seu aspecto. Muito volumoso e macio, eles convidam as mãos de quem chega perto para um carinho.

Mas, para que estejam sempre sedosos e macios é preciso tomar alguns cuidados. Por exemplo, os persas precisam ser penteados todos os dias para que seu pelo não fique cheio de “bolas” ou de nós (os pais devem reservar pelo menos 10 minutos todos os dias para esse momento).

Os pêlos volumosos e exuberantes dos gatos persas podem ser um problema durante o verão, pois podem provocar muito desconforto no bichinho. Se isso acontecer ao seu gato persa, você pode tosar um pouco na região das costas, do dorso, do peito e da barriga.

Vale lembrar que é preciso de um profissional especializado para fazer a tosa para que não machuque seu amiguinho, que costuma ser frágil e sensível ao toque.

Não corte o pelo na região da cabeça ou da cauda, pois são áreas onde os pelos crescem com menor intensidade. Alguns exemplares da raça, quando têm seus rabos totalmente aparados tendem a se mutilarem, tentando “caçar” o próprio rabo, fazendo desta tosa uma prática totalmente “proibida” quando falamos de persas.

Alimentação do gato persa

Antes de encher o potinho de seu gatinho de estimação, os papais devem saber que, por ser uma raça mais delicada que os outros felinos, o gato persa precisa de uma alimentação especial.

Para que cresçam fortes e saudáveis, é importante investir em alimentos completos, ou em rações desenvolvidas especialmente para essa raça. Em alguns casos, pode ser necessário a suplementação alimentar, mas para tomar essa decisão converse sempre com um profissional de confiança.

Exercícios para gatos

O gato persa é um animalzinho bem tranquilo, do tipo que adora uma tarde de muitos cochilos, embora tenha seus brinquedos favoritos. Por ser assim tão tranquila, essa raça de gatos precisa que seus humanos sempre ofereçam formas de exercício para evitar que ganhem peso.

Como ficam ainda mais sossegados, os gatos castrados costumam apresentar excesso de peso. Para evitar que seu amiguinho tenha esse tipo de problemas, controle a alimentação e faça exercícios sempre.

Organize desafios para que ele possa explorar sua casa sem riscos, esconda brinquedos e tudo o mais, para distrair o bichano e o estimular a sair do sofá e brincar.

Características do gato persa

Bastante silencioso, o filhote de gato persa não costuma miar muito, uma qualidade importante para quem vive em locais que são rígidos com o barulho que os animais podem fazer.

Discretos, esses bichinhos são muito ligados a seus humanos, preferindo passar suas tardes próximos aos pais, seja cochilando ou simplesmente os observando enquanto assistem TV ou leem um livro.

Com um temperamento muito dócil, o gato persa se dá muito bem com crianças e outros animais, como cães. Mas isso não significa que esses gatinhos gostem muito de festa. Na verdade, eles preferem ambientes tranquilos, previsíveis e mais caseiros.

Sobre o autor

Matilha Petlove

Matilha Petlove

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.