Doenças de cachorro: As principais doenças infecciosas

Raiva, parvovirose, cinomose, coronavirose, conheça as principais doenças infecciosas que acometem o seu cachorro

Iremos rapidamente explicar as doenças infecciosas de cachorro. Nesse post iremos discorrer sobre as principais doenças infecciosas. As doenças infecciosas são causadas por virus, bacterias ou ricketsias e geralmente tem um comportamento sistemico, ou seja, afetam varios orgãos do cachorro.

Raiva canina:

A raiva é uma doença muito antiga e transmitida pela mordida de um animal contaminado, em cachorros a maior forma de contaminação é por mordida de outro cachorro contaminado ou de morcegos e ratos contaminados. O virus ao ser inoculado no hospedeiro tem um tropismo pelas células nervosas e chega ao cérebro causando uma serie de sintomas, sendo o sintoma mais comum a hidrofobia (ou aversão a água). Em um a três dias da infecção o cachorro apresenta alteração de comportamento. A segunda fase dura de 3 a 6 dias e é chamada de estagio hiperativo ou excitatório, onde o cachorro tem sinais exagerados de agressividade e de querer morder tudo que encontra pela frente. O terceiro periodo é a fase paralitica, por lesão em neurônios motores, começa a ocorrer a paralisia das funções motoras, até que chega a paralisia da função respiratória levando o cachorro a morte. O tratamento é praticamente ineficiente e a unica prevenção é a vacinação anual de cachorros.

Parvovirose canina:

A Parvovirose canina é uma doença causada pelo parvovirus (CPV), muito comum principalmente em cachorros filhotes e não vacinados. Os principais sintomas são gastro intestinais, com vomito, diarreia sanguinolenta, falta de apetite (anorexia), febre. Geralmente necessita de internação e cuidados intensivos durante 4 a 6 dias. A mortalidade é alta em filhotes, principalmente nos filhotes com verminose concomitante ou outras infecções intestinais como giardiase. A unica prevenção é a vacinação.

Coronavirose canina:

A coronavirose canina é uma doença relativamente nova no Brasil, causada por um coronavirus canino (CVC) que atinge o sistema digestivo de cachorros filhotes e adultos. Os sinais clinicos podem ser imperceptiveis ou um breve episodio de vomito ou diarreia. A coronavirose tem uma evolução mais benigna que a parvovirose canina, e raramente é necessário a internação do cachorro com cuidados intensivos. A vacinação dos cachorros é a unica prevenção efetiva contra a coronavirose.

Cinomose canina:

A cinomose canina é uma doença muito antiga, causada por um paramixovirus parente do virus do sarampo humano. Tem maior mortalidade em filhotes e em animais não vacinados. A doença tem tres fases, uma fase respiratoria com sinais de corrimento nasal, tosses, aumento da frequencia respiratória; a segunda fase é a intestinal com vomitos e diarreia sem uma caracteristica marcante; e a terceira fase neurologica é a mais dramatica causando dificuldade de locomoção com os membros traseiros e convulsões. Os animais que sobrevivem a terceira, e mais séria, fase podem ter que tomar medicamentos por toda a vida para controle das convulsões. A unica prevenção é a vacinação dos cachorros filhotes e o reforço anual.

Influenza canina:

A influenza canina é causada por um virus Influenzavirus A que causa uma infecção em vias areas superiores. Semelhante ao que ocorre em equinos e seres humanos. É uma doença com alta morbidade (alta disseminação) e baixa mortalidade. A maioria dos cachorros não tem imunidade natural contra a doença, tornando a vacinação de suma importancia para a prevenção da Influenza canina. Os sintomas são espirros, corrimentos nasais e raramente evolue para infecção pulmonar (pneumonia). O tratamento médico de suporte e contra infecção secundária tem altas taxas de sucesso. A vacinação é a unica forma de prevenção contra a Influenza canina.

Dr marcio waldman medico veterinario

Diretor e fundador do www.petlove.com.br

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

10 Comentários

  • DR. BOM DIA, JULYE TEM 12 ANOS JÁ FEZ A RETIRADA DO ÚTERO POR TER TIDO UM ABORTO, HOJE A SITUAÇÃO É A SEGUINTE, A ALMOFADA ONDE DORME ESTÁ APARECENDO SÂMORA DE SANGUE E OLHEI ELA TODA ATÉ A OS GENITAIS E ESTÃO LIMPOS,FAZENDO COCO E XIXI NORMAL.PERCEBI QUE ESTA LAMBENDO MUITO UMA PATA QUE OLHEI E NÃO VI NADA.SERÁ QUE O SENHOR PODE ME AJUDAR EM ALGO.

  • Eu tenho um pitbull ele parou de se alimentar , beber agua , a lingua esta com uma gosma estranha na lingua , ele é um cão ativo, mas agora só pensa em dormir, espirra um pouco, uma tosse de cachorro , esteve com febre mais passou, os olhos estão frequentemente remelentos, o que posso fazer para que ele melhore?

  • querido doutor meu cachorro poodle ele ano passdo levei ele a pressa a um veterinario pois estava colocando muito sangue pela boca e nao estava comendo e nao estava andando direito omedico falou que era uma doença simples causado por carrapato nao passou remedio pois ele havia ficado internado 15 dias la na clinica so que mes passado ele colocou de novo muito sangue so que agora pelo penis ele passou um remedio humano para hemorragia e passsou dexotem 50 mg so que agora ele continua nao andadno doreito ele manca demais da pata traseira e minha outra cachorra pit bull apareceu com um tumor no anus e nao sei que faço pois ainda nao tive condiçoes de leva la a omedico e meu poodle estar com uma coceira horrivel que estar caindo os pelo dele que faço

Deixe um comentário