Filhote tendo pesadelo: saiba porque isso acontece

Todo petlover é capaz de ficar horas observando o sono de um filhote de cachorro ou de gato, fazendo um carinho no pet e ajeitando a coberta a cada minuto para ter certeza de que ele não está com frio. Realmente é um momento raro e que merece muito ser curtido.

Principalmente nesta fase inicial da vida, é comum que os filhotes fiquem se mexendo, façam alguns grunhidos e até emitam alguns latidos ou miados durante o período do sono. Quando isso acontece, a gente logo desconfia que o gato ou cachorro está tendo um pesadelo, mas será mesmo que os filhotes sonham?

Cachorro-sonhando-Petlove

Sim, filhotes podem ter sonhos e pesadelos

Como já contamos em uma matéria, é verdade que os cachorros e gatos sonham, por isso, os peludinhos podem ter alguns cochilos diurnos ou noites inteiras mais agitadas, acordando durante o descanso assustados. Além de sonhar, saiba que os pets são capazes, inclusive, de “reviver” algumas situações bem recentes ou aquelas mais antigas.

Interessante é que na primeira fase da vida, os pets podem passar mais de 70% do seu tempo dormindo e, mesmo com o corpo em repouso, o cérebro de cães e gatos continua processando muitas informações. E o volume deste processamento também pode interferir na qualidade do sono dos bichinhos, mais ou menos como diz aquela conhecida expressão: “o corpo desliga, mas a cabeça não”.

Cachorros e gatos bem jovens ainda estão conhecendo e se adaptando a um mundo novo, e a “infância” dos pets é uma fase muito sensível, na qual algumas noites mais agitadas podem fazer parte da rotina. Importante é respeitar o período de desmame dos caninos e felinos, já que a separação precoce da mãe não só interfere na qualidade do sono, como também pode prejudicar a saúde e o bem-estar dos bichinhos (pra sempre). Acordar um pet nunca deve ser uma opção, pois interrompemos o processo pelo qual ele está passando e quando isso é frequente, pode causar problemas no seu desenvolvimento físico e mental. Se você tem crianças em casa, ensine a elas que este é um momento importante de descanso do peludo.

Então, quando o seu pet puder já dormir sozinho, escolha um ambiente da casa bem tranquilo e agradável para que ele possa descansar em uma caminha super confortável. Nós temos posts bem legais com mais dicas para você oferecer noites de sono com qualidade para o seu gato ou cachorro, não deixe de conferir. 

Caso note que o seu filho de quatro patas anda muito inquieto durante noites seguidas, seja por medo ou agitação, ou que ele aparenta ter algum desconforto físico, peça ajuda a um médico veterinário para que ele possa fazer alguns exames e checar se de fato está tudo bem com o seu pet.

No mais, é só ficar babando um pouco vendo os cachorros e gatos filhotes dormirem e morrer de amor a cada suspiro mais profundo que eles derem 😻.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

2 Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.