Golden Retriever – principais doenças

O Golden Retriever é uma raça bem conhecida e adorada entre os apaixonados por pets. Conhecidos por sua inteligência e simpatia com os demais, a raça está entre as favoritas para se ter como companheiro.

Por ter se tornado uma raça popular nos últimos anos, o cruzamento inadequado se tornou comum e, infelizmente, algumas doenças começaram a se manifestar e se tornaram comuns. Por isso, caso você tenha a intenção de ter ou se já possui um Golden Retriever, abaixo falaremos um pouco dessas doenças que acometem frequentemente a raça.

Displasia coxofemoral

A displasia coxofemoral ocorre por conta de uma má formação nas articulações, normalmente por herança genética, provocando luxações que podem ser classificadas em vários estágios. Porém, a displasia não ocorre apenas por herança genética, mas também pode estar relacionada à obesidade, sobrecarga em atividades físicas e, em alguns casos, a permanência em locais de piso liso (devido ao esforço para se manter em pé).

Essa doença costuma acometer cães de médio e grande porte, sendo mais comum em raças como Golden Retriever, Pastor Alemão, Labrador Retriever, Bernese, Buldogue Inglês e Rottweiler).O diagnóstico para a displasia coxofemoral é feito por exames de imagem e seu prognóstico e tratamento irá depender das alterações apontadas no exame radiográfico. 

Hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma das doenças endocrinológicas que mais afeta os cães, independentemente de sua raça, porém demonstra maior predileção pelos Goldens. Apesar de ser tratável, a doença não possui cura. 

A enfermidade  ocorre quando há baixa concentração dos hormônios da tireóide (T3 e T4), influenciando no metabolismo do cachorro. Alguns sinais são bem característicos como aumento do apetite, obesidade, cansaço e intolerância aos  exercícios. 

O acompanhamento da doença junto ao médico veterinário é fundamental. Apesar de não haver cura, quando tratada de maneira correta os cães tendem a viver super bem.

Atrofia progressiva da retina (PRA)

Também conhecida como degeneração progressiva da retina, essa doença oftalmológica pode levar à cegueira e normalmente acomete os dois olhos do cão. A retina tem como função reter as imagens, após isso as envia ao cérebro através do nervo óptico as informações captadas. Qualquer cachorro pode apresentar problemas de PRA, mas além do golden, algumas outras raças apresentam maior predisposição como: Poodle, Dachshund, Schnauzer e Collie.

A causa da atrofia progressiva da retina é de origem hereditária, ou seja, os pais carregam o gene e transferem para os filhotes, que podem ou não manifestar a doença ao longo da vida.

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.