Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Malamute do Alasca e Husky siberiano: quais as diferenças – e semelhanças – entre eles?

Muita gente confunde o Malamute do Alasca e o Husky Siberiano. Como aqui no Brasil o segundo é mais conhecido, basta vermos um cachorro peludo, com marcações bem definidas em cinza ou preto que logo pensamos que se trata de um husky, mas, na verdade, existem boas diferenças entre Malamute do Alasca e Husky Siberiano.

Na última década, malamutes estão sendo trazidos e criados em nosso país, mas ainda assim é uma raça um pouco mais rara por aqui. Verdade é que ambas as raças podem sofrer um pouco com o nosso calor, por isso é bom pensar bem antes de tentarmos adaptá-los ao nosso clima.

Malamute do Alasca

Criado no ano 3000ac, o malamute do Alasca é um cachorro forte e poderoso que pode atingir os 60Kg. Com até 71cm de altura, esta raça não costuma ser muito veloz, mas consegue puxar trenós bem pesados com muita facilidade.

Sua pelagem é densa e composta por pelo e subpelo e seu tom pode variar do cinza ao preto, sempre tendo marcações em branco nas patas, barriga, parte do rabo e focinho. Assim como os huskies, cães dourados e vermelhos também podem ser vistos e são reconhecidos oficialmente, mas não são tão comuns.

O malamute tende a ser um cachorro bastante teimoso e com alguns traços ainda mais “selvagens” do que outros pets que estamos habituados. Alguns exemplares podem ser um pouco mais intolerantes e até agressivos, embora a maioria seja excelente por seres humanos – especialmente quando devidamente socializados ainda jovens.

Eles precisam de muito cuidado com seus pelos e também com a forma como são educados. Oferecer atividades diárias para eles é de suma importância.

Os olhos do malamute costumam ser castanhos.

Diferenças entre Malamute do Alasca e Husky Siberiano

Husky siberiano

Também criado para puxar trenós, o husky siberiano surgiu no século XIX, na Rússia. Pesando até 27Kg e medindo cerca de 60cm, este cachorro costuma ser esperto e atlético, bastante veloz inclusive quando puxa cargas mais pesadas.

Super trabalhador, o husky não gosta de ficar sem atividade física e por isso exige tutores que tenham tempo para se dedicarem a ele. Caso contrário, ele poderá demonstrar traços não muito típicos de seu temperamento.

Sua pelagem também é composta por pelo e subpelo, mas seu pelo é um pouco menos farto do que o do malamute. Ao toque, alguns exemplares podem parecer apresentar fios mais ásperos. Suas cores podem ser do cinza ao preto e do vermelho a uma espécie de dourado, sempre com marcas brancas em suas patas, ponta do rabo e focinho.

O huskies costumam uivar e latir especialmente quando ouvem outros cães. Os olhos dos huskies normalmente são azuis ou com heterocromia (um de cada cor).

Agora que você já sabe as diferenças entre Malamute do Alasca e Husky Siberiano, visite o Blog da Petlove para mais conteúdos sobre raças.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, três gatos e oito peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos. Hoje, é Coordenadora de Conteúdo Veterinário da Petlove&Co.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.