Moscas e mosquitos transmitem doenças para os pets

Apesar de não falarmos tanto sobre esses problemas, as moscas e mosquitos são capazes transmitir doenças graves para cachorros e gatos. Dependendo do local em que vivem ou para onde viajam, os pets podem correr riscos que seus pais muitas vezes nem imaginam.

Moscas e mosquitos estão presentes em diversos locais e, por estarmos num País tipicamente mais quente, isso tende a ser ainda pior. Os mosquitos “palha” e Aedes aegypti e as moscas Dermatobia hominis e Cochliomyia hominivorax merecem atenção especial, pois cada um deles têm a capacidade de atuar de diferentes formas, afetando o bem-estar e a saúde dos animais. 

Mosquito palha

O “mosquito palha” é um flebótomo que pode carregar o protozoário responsável pela transmissão da leishmaniose, uma zoonose que pode ser fatal para pets e humanos. Até poucos anos, a indicação para cães com leishmaniose era a eutanásia. A doença é de notificação obrigatória, porém atualmente é permitido tratar os sinais apresentados pelo pet. Embora seja mais frequente em cães, gatos também podem ser acometidos. 

Aedes aegypti

O mosquito causador da dengue em humanos também é um problema para cães e gatos, pois pode transmitir o tão temido “verme do coração”, a dirofilariose. O mosquito infectado, ao picar o pet, faz com que o parasita atinja sua circulação e, posteriormente, se aloje no coração, podendo causar a morte. 

Dermatobia hominis

Popularmente chamada de “mosca berneira”, a Dermatobia hominis deposita seu ovo na pele íntegra dos pets, onde sua larva se desenvolve. O berne, então, pode ser notado com o aumento do volume na região e o incômodo demonstrado pelo animal. É bem frequente que vejamos esse tipo de ocorrência em regiões rurais, mas a mosca está em todo o território nacional.

“Mosca da Bicheira”

A miíase é causada pela mosca Cochliomyia hominivorax, que deposita seus ovos em feridas. Nelas, as larvas se desenvolvem e se alimentam do tecido do animal, causando lesões ainda maiores e podendo causar danos graves se não tratada rapidamente. A condição pode, inclusive, colocar a vida de cães e gatos em risco. 

Como prevenir moscas e mosquitos?

É bem comum que pensemos em prevenir e tratar a presença de pulgas e carrapatos em nossos animais de estimação, porém quase não lembramos das moscas e mosquitos. Alguns produtos no mercado pet podem contribuir para isso e auxiliar na saúde dos cachorros e gatos. Confira: 

Vectra 3D para cães

Vectra 3D para gatos

Seresto

Advocate para cães

Advocate para gatos

Scalibor

Leevre

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.