O temperamento do Bearded Collie

Quem escolhe um Bearded Collie, o “Cão Barbudo”, para fazer parte da família, está querendo um filho cheio de disposição e energia, apegado aos humanos e bastante entusiasmado. Converse com alguém que tenha um Collie dentro de casa e você ouvirá que é preciso ter disposição para acompanhar o ritmo agitado dele.

Criado para ser um cão pastor, no século XVI na Grã-Bretanha, este Collie chama a atenção por sua pelagem exuberante e barba farta. Dá vontade de apostar corrida com ele a toda hora só pra ver seus pelos volumosos bagunçando com o vento, e olha que ele nem vai pensar duas vezes para aceitar o seu convite, ele é do tipo que não perde uma brincadeira.

Bastante companheiro, o cão dessa raça é afetuoso, mas tende a ser um tanto teimoso e independente. O treinamento é recomendado desde filhote utilizando técnicas de reforço positivo e recompensas, nem tente ensiná-lo com um abordagem mais ríspida, definitivamente eles não aprendem nada no “grito”.


O “barbudo” é fácil de socializar, mas vai estranhar outros humanos num primeiro contato e te alertará sempre que um desconhecido chegar. Com outros animais e com as crianças ele cria amizade fácil, no caso de bebês vale lembrar que é sempre bom a supervisão de um adulto para evitar lesões nos dois, até mesmo nos momentos de brincadeira.

Se você não é muito chegado ao barulho de latidos, priorize o treinamento logo nos primeiros meses de vida do bichinho, depois de crescidos é bem mais difícil tirar o hábito barulhento dele, e isso pode fazer muita diferença se você tem que cumprir regras de condomínio, por exemplo.

Avesso aos momentos de solidão, o Bearded Collie não aceitará ser deixado de lado das atividades da família e nem dos passeios diários. As atividades físicas além de ajudar a manter a saúde física e emocional em dia, vai fazer com que o seu peludinho não descarregue a energia nos objetos de casa. Brincar com frisbees, atividades de agilidade e caminhadas em lugares espaçosos são excelentes opções para mantê-lo ativo.

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

É jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.