Pastor Belga Malinois – Principais doenças

O Pastor Belga Malinois é um um cão de pastoreio (como o próprio nome já diz) e muito usado hoje em dia para trabalhos policiais. Seu nível de atividade física é alto e a raça é um pouco menor do que seu primo Pastor Alemão, pesando entre 25 e 35Kg. Considerado um dos cães mais inteligentes que existem, seu temperamento é protetor e corajoso. Com expectativa de vida de 12 a 14 anos, o Pastor Belga Malinois é um cachorro saudável, mas pode ser acometido com algumas doenças hereditárias ou traumáticas.

Entre os principais problemas que podemos destacar na raça estão as doenças locomotoras como displasia coxofemoral, doenças oftálmicas como atrofia progressiva da retina ou catarata e doenças como hemofilia e epilepsia idiopática. Saiba mais sobre essas enfermidades que podem acometer o Pastor Belga Malinois a seguir.

Displasia Coxofemoral

A Displasia Coxofemoral é uma das doenças mais comuns em cães de porte grande, sendo uma patologia de caráter genético que afeta a região do quadril dos cachorros. É uma malformação que faz com que o fêmur não encaixe corretamente no osso do quadril, causando dor e manqueira. A doença tem um processo degenerativo e pode ir piorando com o passar do tempo. Entre os principais sinais clínicos estão a dificuldade para se locomover, dificuldade para subir escadas e levantar, falta de interesse em brincadeiras e demonstração de dor. O Pastor Belga de Malinois é um dos cães mais propensos a desenvolver a doença.

Atrofia Progressiva da Retina

A Atrofia Progressiva da Retina é uma degeneração dos fotorreceptores (neurônios que são responsáveis pela formação da imagem por meio da captação da luz), de maneira progressiva, comprometendo a visão do pet e levando à cegueira. A doença não apresenta cura e, infelizmente, o quadro evolui até a cegueira total. É uma patologia de caráter genético que pode afetar o Pastor Malinois.

Catarata

A Catarata é uma doença perigosa que pode afetar o Pastor Belga Malinois. É caracterizada pela morte das células na região da lente do olho que fazem com que a luz seja convertida em imagem, sendo uma enfermidade progressiva que vai piorando com o passar do tempo, até chegar em um estágio de bloqueio total de luz, fazendo com que o pet perca a capacidade de enxergar. É uma doença perigosa e o quanto antes for diagnosticada, maior a chance de recuperação. Entre os principais sinais clínicos da doença estão o incômodo ocular e uma aparência opaca e acinzentada do globo do olho.

Hemofilia

A hemofilia é uma doença de caráter hereditário que causa um problema na coagulação do sangue por falta de enzimas e proteínas que o deixam espesso. Assim, o sangue acaba ganhando um aspecto líquido. Essa doença pode ter consequências graves, como sangramentos constantes e hemorragia. A Hemofilia será observada quando o cachorro se cortar ou tiver um ferimento que não para de sangrar, quando se trata de um corte superficial, não há muitos riscos, o problema mesmo é quando o corte é muito profundo, podendo ser fatal. O Pastor Malinois é predisposto à doença e é muito importante ficar atento caso o pet sofra algum acidente.

Epilepsia Idiopática

A Epilepsia é a doença que causa convulsões repetidamente e sem aviso prévio. Nem sempre quando o pet tem convulsões é diagnosticado com epilepsia, pois fatores externos também podem causar quadros de convulsão. A epilepsia idiopática que afeta o Pastor Malinois não tem motivos conhecidos, mas pode ter uma ligação genética. A patologia acontece devido a uma descarga elétrica incomum no cérebro dos pets, levando a perda de controle dos movimentos, salivação excessiva, vômitos e comportamentos anormais. A qualquer sinal de que algo não está bem com o seu cachorro, leve-o imediatamente ao médico veterinário. 

Outras doenças que podem afetar o seu Pastor Belga Malinois:

As doenças citadas são provenientes de estudos e artigos de predisposição de certas doenças em raças. Lembrando que seu Pastor Malinois pode viver uma vida saudável sem ser acometido por nenhuma patologia. Entretanto, a informação e conhecimento são importantes e a qualquer sinal de anomalia com seu peludo, procure um médico veterinário.

Aqui na Petlove, profissionais da medicina veterinária trabalham em conjunto para disponibilizar um portal sobre as principais doenças em cães e gatos, você pode conferir aqui.

Sobre o autor

Beatriz Mario

Beatriz Mario

Graduanda em Medicina Veterinária, sonho que tenho desde de criança, hoje sou conhecida como a louca dos gatos, mas nas horas vagas sou a louca dos bichos também, sem distinção. Tenho 10 lindos gatinhos resgatados e meu propósito é poder ajudar o máximo de pets possível (E seus pais e mães humanos escrevendo aqui no blog).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.