Pesquisa revela diferentes personalidades em gatos

Quando se tem um novo gato na família, seu comportamento pode ser uma incógnita, já que, diferentemente dos cachorros, a personalidade dos gatos é menos conhecida em detalhes. Porém, cientistas da Universidade de Helsinque, na Finlândia, realizaram um estudo que identificou sete traços de personalidade e comportamento dos gatos.

Gato tricolor

O estudo foi feito a partir de um questionário com 138 perguntas, que ficou disponível para que tutores de gatos respondessem no site de bem-estar animal Petsofi. Para os cientistas, era melhor que os gatos fossem observados pelos seus pais humanos em casa, pois em ambientes diferentes, como em laboratórios, os bichanos tenderiam a ter outro comportamento. 

Dentre as perguntas do questionário, os tutores precisavam informar idade, sexo, cor da pelagem, raça e a principal atividade do gato. Também foi solicitado que as questões fossem novamente respondidas após algum tempo, para que os  pesquisadores pudessem avaliar a precisão dos relatórios comparando as duas pesquisas.

Ao todo, 4.316 gatos fizeram parte da pesquisa, que conseguiu fazer com que os cientistas identificassem cinco traços de personalidade e dois traços de comportamento nos animais. Veja os sete:

  1. Tendência a brincar e se divertir
  2. Medo
  3. Sociabilidade com humanos
  4. Sociabilidade com outros gatos
  5. Agressividade com humanos
  6. Problemas com a caixa de areia 
  7. Mania de limpeza excessiva (o felino que não para de se lamber)

“Precisamos de mais compreensão e ferramentas para eliminar comportamentos problemáticos e melhorar o bem-estar dos gatos. Os desafios comportamentais mais comuns associados aos gatos estão relacionados à agressão e eliminação inadequada (urinar ou defecar em casa)”, disse a médica veterinária Salla Mikkola, que participou do estudo.

Gato branco dos olhos verdes

Resultados do estudo

O estudo concluiu que, raças diferentes têm personalidades e comportamentos diferentes. O gato Azul russo é o mais medroso, de acordo com a pesquisa, enquanto o gato Abissínio é o menos medroso.

O gato Bengal se saiu como o mais ativo, enquanto o Persa e o Exótico foram os mais passivos. Ainda sobre o gato Persa, verificou-se que a raça não é das mais sociáveis com os humanos. 

A raça Turco Van se mostrou mais agressiva com os humanos e menos sociável com outros felinos. O gato da raça American Curl ficou entre os menos agressivos com pessoas. Para quem deseja um gatinho que se dê bem com outros bichanos, o estudo finlandês destacou o Oriental Shorthair como o mais sociável com outros gatos. 

Além das raças, os diferentes traços de personalidade puderam ser associados a outras características, como sexo e idade. Os gatos idosos foram tidos como os mais agressivos e menos sociáveis com outros animais, além de serem os que mais têm problemas na hora de usar a caixa de areia.

Já as gatas fêmeas foram destacadas com menos tendência à socialização com humanos e também mais medrosas. Nos gatinhos medrosos, foi observado o comportamento de limpeza excessiva

Gato Bengal deitado no sofá

Assim como outros animais, a personalidade de um gato é influenciada pela genética, pelo ambiente em que vive e pelas interações que recebe. Entender a personalidade dos gatinhos ajuda os humanos a ter uma noção melhor sobre as necessidades ambientais do animal, e o que é essencial para o bem-estar do pet

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Amanda Fernandes

Estudante de Jornalismo, mãe do Dachshund (vulgo salsichinha) Scott, da gatinha Cristal e do agapornis Alisson. Sou amante de pets e de história, mas principalmente por pets. Desde pequena conhecida pela super paixão por cachorros.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.