Pesquisa revela qual pet gosta mais dos seres humanos

Xiii… lá vem um tema que pode causar discórdia dentro de casa. Mas calma, não precisa ficar com os nervos à flor da pele, pois o nosso objetivo aqui é apenas compartilhar uma curiosidade. Afinal, cientificamente falando, quem gosta mais dos humanos: cães ou gatos?

Pesquisa revela qual pet gosta mais dos seres humanos

Essa questão foi levantada pelo programa Cats v. Dogs, da BBC2, e para respondê-la o neurocientista norte-americano Paul Zak reuniu 10 cães, a mesma quantidade de gatos, e verificou os níveis de ocitocina, o famoso hormônio do amor, liberados pelos bichinhos – antes deles brincarem com seus humanos e logo depois.

“(A ocitocina) É uma das medidas químicas do amor em mamíferos. Os seres humanos produzem o hormônio quando se preocupam com alguém. Por exemplo, quando vemos nosso cônjuge ou filho, os níveis em nossa corrente sanguínea geralmente aumentam de 40 a 60%”, explica Zak.

Os cachorros gostam cinco vezes mais que os gatos

Quem é fã incondicional dos cachorros com certeza abriu um sorrisão agora. Os caninos parecem mesmo não levar a fama de “melhor amigo do homem” à toa, e toda aquela euforia que o peludinho sente quando te vê tem uma base científica.

O estudo mostrou que foi registrado um aumento na liberação do hormônio em uma média de 57,2% nos cães e apenas 12% nos gatos. Em outras palavras, os cães “liberam” muito mais hormônio pelos seus tutores do que os felinos.

Como é que é?

Os gatos (e seus inúmeros fãs) não precisam ficar desapontados e muito menos tristes. Alguns fatores ajudam a explicar a “lavada” no experimento.

Primeiro, a pequena amostra (apenas 10 animais de cada espécie) não é suficiente para se chegar a uma conclusão. Outro ponto que não pode ser desconsiderado é que o estudo foi realizado em laboratório, ou seja, os cães acabaram sendo beneficiados, pois são naturalmente mais sociais do que os gatos, que por sua vez são extremamente territoriais e um lugar desconhecido provavelmente deixou os felinos mais estressados, desconfortáveis e preocupados.

Como nós avisamos acima, trata-se apenas de uma curiosidade e, independentemente de estudos e pesquisas, cães, gatos e demais pets são fontes inesgotáveis de amor e tornam a nossa vida mais feliz. Cada um à sua maneira e com suas peculiaridades ❤

Sobre o autor

Anderson Mafra

Anderson Mafra

Jornalista apaixonado por animais, comunicação, música e não perde um concurso cultural (na verdade já perdeu vários). Curioso de mão cheia, quer saber sempre mais e compartilhar conteúdo, dicas e curiosidades do mundo pet. É um petlover assumido, sem chance de reabilitação.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.