Pode cortar o bigode do gato?

Até mesmo alguns pais de gatos experientes ainda têm dúvidas sobre o que deve (ou não) ser feito com o bigode dos felinos… não é raro que algumas pessoas “aparem o excesso” dos bigodinhos, mas isso não deve ser feito sob hipótese alguma.

Antigamente, era comum ouvirmos dizer que o bigode era responsável pelo equilíbrio dos gatos e, por isso, quando esses pelos eram cortados, o gato poderia até mesmo morrer. É certo que o estrago não é tão grande assim, mas pode realmente causar problemas para o pet. Bigode e equilíbrio não têm nada a ver, mas ainda assim eles são muito importantes para nossos felinos. 

O bigode dos gatos funciona como uma espécie de “sensor”. Chamados oficialmente de “pelos táteis”, eles realmente trabalham como um grande aliado dos felinos, pois é por eles que conseguem medir larguras. Basicamente, os bigodes dos gatos lhes dizem, por exemplo, se eles cabem em um vão, numa caixa, se conseguem passar por uma grade ou outro local mais estreito. Repare que os pelos táteis também são vistos em cima dos olhos. Esses lhes dando noção de altura!

Pais de gatos mais peludos que têm o hábito de pedir para tosar seus pets na máquina precisam tomar cuidado. Se o profissional for atento, ele não mexerá nesta região, mantendo os pelos intactos. É comum que os gatinhos percam alguns bigodes de vez em quando. Como são pelos, é natural que caiam e sejam substituídos, mas esse processo nunca deve ser forçado.  

Gatinhos mais gordinhos tendem a ter bigodes bem mais longos e isso não é um acaso: os bigodes crescem à medida que o pet engorda para que ele continue com uma boa noção de em quais lugares seu corpo cabe – ou não.

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.