Cadastre-se e ganhe 15% OFF na primeira compra!

Pode dar leite para gato filhote?

É comum algumas pessoas acharem que pode dar leite para gato filhote e até adulto. Apesar de ser um hábito em algumas residências, isso pode ser um grande problema para o pet.

Gato sentado à mesa olhando um copo com leite

Gato filhote pode tomar leite?

De forma simples e direta: gato filhote não pode tomar leite, seja de vaca, cabra ou de qualquer outro animal! Os gatinhos só devem tomar leite quando filhotes e ele não pode ser qualquer um, precisa ser de gata!

Na ausência da mãe do pet, o indicado é buscar por uma “ama de leite” felina ou oferecer leites industrializados feitos especialmente para gatos. Somente o leite da gata é capaz de oferecer ao gatinho todos os nutrientes necessários e principalmente os anticorpos capazes de estimular um sistema imunológico realmente eficaz no combate de doenças típicas da espécie.

Por que não pode dar leite para gato filhote?

Como dito antes, nem filhotes e nem adultos devem tomar leite de outros animais. Assim como acontece com os humanos, com o passar dos meses, os gatinhos deixam de produzir a lactase, enzima responsável pela “quebra” da lactose. Isso faz com que a lactose não seja bem digerida, causando desconforto, excesso de gases intestinais e quadros de diarreia. A diarreia, principalmente em filhotes, é algo bastante preocupante, pois causa rápida desidratação e se não identificada a tempo, pode ocasionar a morte do gato em pouco tempo.

Além disso, o leite de espécies diferentes possuem teores variados de gorduras, proteínas e vitaminas, podendo causar alguns desequilíbrios dependendo das necessidades nutricionais de cada um. Lembre-se: gatos devem se alimentar exclusivamente de ração seca e/ ou úmida e não precisam receber leite ou qualquer outro tipo de alimento extra.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, quatro gatos e 11 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos. Hoje, é Coordenadora de Conteúdo Veterinário da Petlove.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.