Por que alguns cachorros comem tão rápido?

Não tem jeito, comer é uma das maiores paixões – talvez a maior – dos cachorros. A emoção de estar olhando para um belo comedouro cheio de ração ou um petisco delicioso pode fazer com que comam de uma maneira frenética. Como grande parte dos cães não mastiga antes de engolir, não é raro que, por serem tão afoitos, comam rapidamente e poucos minutos depois regurgitem todo o conteúdo, com os grãos inteiros. Se o seu cachorro é desses apressadinhos, saiba que isso merece atenção e, em alguns casos, pode ser encarado como um problema.

Por que alguns cachorros comem tão rápido?

Motivos para alguns cachorros comerem tão rápido

Seu cachorro nem sequer espera a ração cair no pote para comer? Isso pode ser motivado por tédio, ansiedade ou simplesmente porque ele acha o alimento delicioso.

O cão também pode comer dessa maneira por outras razões, como a proteção de recursos herdada de seus ancestrais. Inclusive, esse comportamento é bem comum em cachorros que estão em situação de rua e precisam “caçar” seu sustento diariamente. O mesmo também vale para aqueles que passaram por casos de privação de alimento em algum momento da vida. Esses pets mais se parecem com aquela criança que acaba de ganhar um saco de balas e não quer dividir com ninguém. Assim, o cachorro come o mais rápido possível para que ninguém “roube” seu alimento. Uma maneira de identificar essa conduta é perceber se ele fica de “guarda” ou rosnando quando alguém chega perto de seu comedouro.

Consequências da ingestão rápida

Caso o seu cachorro coma no estilo “aspirador de pó”, vale destacar que é preciso atenção no comportamento dele após a refeição. A  dilatação vólvulo gástrica, mais conhecido como “inchaço” (também chamado timpanismo), é um problema comum que pode afetar seriamente a saúde do cão. Regurgitação frequente e engasgos também são sinais preocupantes de que o peludo precisa de ajuda para aprender a comer devagar.

Como fazer um cachorro comer devagar?

Nestes casos, o mais recomendado para que o ato de comer não seja prejudicial à saúde do cão e sim saudável é aposentar as tigelas tradicionais e adquirir um comedouro lento. O Comedouro Interativo Pet Games, por exemplo, proporciona bem-estar físico e mental durante a refeição, e diminui o risco de engasgos, vômitos, gastrites, obesidade e “torção gástrica”. Outra opção é o Comedouro Lento Outward, que proporciona os mesmos benefícios e é ótimo para manter o cachorro entretido durante a alimentação.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.