Por que alguns gatos costumam seguir humanos?

Você sabe por que os gatos seguem os humanos? Seja no quarto, sala, cozinha ou banheiro, ele está sempre lá, te olhando de uma maneira extremamente fofa. Esse é um comportamento típico presente nos felinos, mas pouca gente sabe os motivos.

Se acredita que esse hábito está diretamente ligado aos laços afetivos entre humano e pet, você está corretíssimo! Conhecido como conexão “mãe-gatinho”, os filhotes, para aprender mais sobre a vida, buscar segurança, alimento, carinho e brincadeiras, costumam seguir suas mães para todos os cantos. E com os pais humanos não é diferente, afinal, são eles que assumem o papel de cuidar depois que eles são separados da família felina.

Por que alguns gatos costumam seguir humanos?

Outra questão que está ligada à afetividade é que os gatos costumam eleger o seu “humano favorito”, logo eles farão de tudo para estar ao lado dele. Além disso, o comportamento pode ser explicado caso o predileto dele costume passar boa parte do dia fora de casa – a saudade aperta. Diferentemente do que muitos pensam, os gatos, por mais que sejam independentes, gostam de passar um tempo ao lado da família humana.

Mas e os gatos em situação de rua?

Bom, quem já se esbarrou com um felino abandonado nas ruas já deve ter notado que eles também gostam de seguir os humanos. “Mas se os gatos seguem as pessoas por questões de afetividade, por que os que estão em situação de rua gostam de seguir desconhecidos?” Além do afeto, gatos que “escoltam” pessoas nas ruas demonstram o quanto são simpáticos e sociáveis. Na maioria dos casos, o peludo é bastante amigável com os seres humanos e tira proveito deste privilégio ao ar livre. Portanto, sinta-se à vontade para acarinhar um gato que está te seguindo nas ruas, mas lembre-se de se apresentar corretamente!

Por que alguns gatos costumam seguir humanos?

Se um felino insistir em te seguir por aí, porventura ele pode estar perdido do seu lar. Dessa forma, verifique se ele possui alguma placa de identificação ou coleira com o nome, número ou endereço de seu pai humano. Outra alternativa é pesquisar nas redes sociais se alguém na região está à procura de um gato com uma aparência semelhante.

Vale destacar que é fundamental reconhecer qualquer forma de afeto demonstrada pelo bichano, para assim devolver o apreço de forma correta – com muito carinho e petiscos que ele adora!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.