Por que os cachorros lambem?

Lambeijos. Você, apaixonado por cães, já usou ou com certeza já ouviu essa expressão, certo? Não existe nada mais gratificante do que chegar em casa após um longo dia de trabalho e ter uma recepção calorosa e cheia de beijos caninos de felicidade. Porém, apesar de na maioria das vezes as lambidas significarem demonstração de carinho e afeto, nem sempre essa é a real intenção do cachorro. Para os cães, o hábito de lamber é prazeroso, liberando endorfina, hormônio da felicidade, bem-estar e bom humor. 

Os cães associam facilmente as coisas e podem utilizar as lambidas como um chamado de atenção. Por exemplo, se ao lamber ele recebe carinho instantâneo, ele provavelmente fará isso sempre que quiser um carinho extra. 

Lambidas no queixo ou próximas a boca significam submissão. Quando estão em matilha, os filhotes caninos normalmente lambem o queixo da mãe com a intenção que ela regurgite a comida para alimentá-los (isso é algo que herdaram de seus ancestrais, os lobos, que possuem esse hábito quando novinhos). Porém, ao lamber o seu queixo eles estão te reconhecendo como “pai” ou “mãe”. Fofos, né?

Afeto entre cães

Na matilha, os cães se reconhecem e demonstram seu afeto pelos membros através da lambida. As fêmeas também possuem o hábito de lamber os filhotes com a intenção de limpá-los e deixar o seu cheiro neles, demonstrando que aquela ninhada é sua. Os filhotes também se reconhecem pelo cheiro característico da lambida da mãe.

Ao serem domesticados, os cães levaram esse comportamento de lamber para demonstrar quem são as pessoas queridas para ele. Por isso, se o cachorro distribui lambeijos em todos os membros da família, inclusive em outros pets, ele está demonstrando todo o amor que sente.

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.