Quatro curiosidades sobre o Dobermann

Criado na Alemanha, em meados do século XIX, o Dobermann é um excelente cão de guarda. Sua origem ainda é desconhecida, mas acredita-se que seja uma mistura de muitas raças, incluindo o Rottweiler, o Black and Tan Terrier e o Pinscher Alemão.

Com sua pelagem elegante, aparência atlética e majestosa, a raça é altamente enérgica e inteligente, tendo geralmente um ótimo desempenho no trabalho policial e militar, esportes caninos e como guardiões da família.

Para saber mais sobre esses grandalhões, separamos quatro curiosidades sobre uma das raças mais usadas como vigilantes:

Origem

No final do século XIX, um coletor de impostos chamado Louis Dobermann, morador da cidade de Apolda, na Alemanha, arrecadava dinheiro em locais perigosos, onde havia um alto grau de roubos e furtos. Como Dobermann também era caçador de cães da cidade, ele costumava levar um cão para realizar sua segurança.

Sendo assim, o homem começou a criar cães com a ideia de um companheiro leal e protetor em mente. O resultado de suas experiências de criação foi o início do Dobermann, que recebeu o sobrenome do próprio criador.

Orelhas cortadas

Originalmente, as orelhas dos Dobermanns eram cortadas para aumentar sua capacidade de localizar sons, além, claro, da estética. Os criadores norte-americanos costumam cortar as orelhas dos filhotes assim que nascem. Entretanto, a prática é proibida em alguns países do mundo, inclusive no Brasil.

“Cão feroz”

O Dobermann tem uma reputação de cão feroz e agressivo. Ele é temido por quem não o conhece e costuma ser classificado como altamente cruel. É verdade que ele é um guardião nato, porém geralmente é um cão gentil e amoroso. Certamente quase nenhum cão da raça irá à procura de problemas, mas, por sua natureza destemida, ele defenderá a família e o território caso perceba o perigo.

Esportistas

É comum ver cachorros desta raça sendo adestrados para competições de caça. Eles de fato têm aptidão para esse e outros esportes, como agility e flyball. É recomendado, porém, evitar sobrecarregá-los com estas atividades quando muito jovens.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.