Razões para castrar seu gato

A gente sabe que existe muita gente que acredita que não deve castrar seu gato. Que esse é um ato maldoso, que gato deve seguir os instintos mesmo, que a gente não ia gostar se fosse na gente. Mas na verdade, castração é um método de amor e carinho, que ajuda os gatos a viverem melhor e mais seguros. Para mostrar isso, separamos aqui alguns motivos para castrar seu gato.

>> Saiba tudo sobre a castração de pets aqui.

Superpopulação felina

Existem muitos, muitos, muitos gatos morando nas ruas no Brasil. Não é possível nem estimar quantos. E se você não castra seu gato, esse número pode crescer. Se tiver uma fêmea, ela pode engravidar. Se tiver um macho, ele pode emprenhar outras gatinhas pela rua. Claro que lembramos que nenhum gato doméstico deve ter acesso a rua, mas se por acaso acontecer, é melhor prevenir, certo?

Diminuição do instinto de sair

Se você castrar o seu gato, ele vai ter menos vontade de sair para rua e vai ficar muito mais tranquilo dentro de casa. Ou seja, ele vai sofrer menos ou até não sofrer nada com o fato de que não vai poder sair. Além disso, as marcações territoriais também vão diminuir ou até sumir. Além de tudo isso, eles ficam mais dóceis

Abandono

Além da questão da superpopulação felina, alguns donos de gatos, quando veem suas gatas emprenhadas, decidem abandoná-la ou abandonar os filhotinhos (ao invés de castrá-los e tentar encontrar lares para eles). Se tiverem mais gatos castrados, a incidência disso também diminuirá por tabela.

Diminuição de doenças

Como o processo de castração retira os testículos e os ovários dos felinos, que são os responsáveis pelas produções de hormônios sexuais, as chances de doenças vão diminuir. Gatos castrados tem menos chances de terem câncer de útero, testículos ou de mamas. Precisa de mais do que isso?

Sobre o autor

Larissa Moreira

Larissa Moreira

Larissa tem quatro miaus: Câmara, Ação, Gravando e Clica Fora, está no quarto ano de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, é apaixonada pela língua alemã, livros de fantasia, chá de camomila e pelos seus quatro bebês (que já nem são mais bebês).

Deixe um comentário