Relação Entre Homens e Animais

O processo de domesticação teve início desde a pré-historia, quando a proximidade entre homens e animais era relatada nas pinturas de cavernas. Esse processo fez com que os animais não só se aproximassem dos homens como também se tornassem mais dependentes deles, o que trouxe consequências positivas e negativas para os dois.

Todos os direitos reservados a chalabala.cz

Relação Entre Homens e Animais

A arte de domesticar animais iniciou na cultura humana quando os homens começaram a viver em determinadas regiões do mundo e passaram a usar a criação de animais para auxiliar na produção de alimentos, para transporte de pessoas ou cargas e até mesmo para cuidados com os terrenos para agricultura.

Com o passar dos anos os animais domesticados se tornaram muito mais próximos dos humanos, assim deixaram de servir apenas para ajudar em trabalhos,  e passaram a fazer parte do cotidiano dos homens, tanto que hoje em dia muitas pessoas dão grande importância à presença de animais dentro de casa, considerando-os necessários para um lar feliz. Há, por exemplo, idosos que moram sozinhos e amenizam a ausência da família criando animais de estimação para fazer companhia, tratando-os com todo carinho e atenção que for necessário, e até mesmo casais que não tem filhos por diversos motivos e optam por criar um ou mais animaizinhos como “filhos”, oferecendo tudo o que for possível para o bem-estar e diversão deles.

Mas, como dissemos no início, também existem consequências negativas com essa interação que cresce mais a cada dia, a dependência dos animais aos humanos aumenta de maneira rápida, e assim pode causar problemas como abandono e maus-tratos. Algo que é muito comum de perceber nas ruas por aí é a presença de cães e gatos sem o conforto que teriam em um lar com água fresquinha, comida gostosa e até mesmo uma casinha aconchegante para ficar, sem contar com os bichinhos que, apesar de ter um lar, têm donos que não dão comida e água, e ainda agridem ou até matam, gerando sofrimento àqueles que seriam seus melhores amigos. Outra consequência nada boa é a transmissão de zoonoses como leptospirose, brucelose, raiva e gastrenterites aos homens, que ocorre por conta de descuidos na higiene e limpeza, na vermifugação e na vacinação dos pets.

Enfim, a aproximação no relacionamento homem e animal está resultando em mudanças diretas na vida de ambas as partes, mas isso não significa que a convivência harmônica não é possível. Se os animais dependem dos humanos hoje, é devido à necessidade que os humanos têm de conviver com esses seres capazes de amar e sofrer e que trazem benefícios à vida de muitos, proporcionando grande vínculo afetivo. Portanto, ser responsável é tratá-los dignamente e agir em sua defesa ao longo dessa história juntos.

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

4 Comentários

  • Olá, Dr, Marcio Waldman. Gostei muito desta postagem. Estou elaborando um projeto sobre a história da domesticação dos animais em uma abordagem pedagógica, se tiveres sugestão de livros e artigos sobre a temática fico grata pelo compartilhamento. Desde já agradeço. Atenciosamente, Carolina Melchert.

      • Great list of tools. Especially for PInterest and Twitter. I’d like to add a tool to the twitter list; I use Timely.is to schedule my tweets. Timely scans your follower’s activity and schedules your tweets durring the times that they were historically “the most active.” This gives you the ability to automatically post your tweets while more people are online. It’s pretty cool.

Deixe um comentário