Estudo revela que risco de morte diminui se você tem um cão

Está precisando de um leve empurrãozinho ou pretende convencer o parceiro para adotar um cachorro? Simples, basta dizer que a chegada de um novo integrante da família fará com que vivam mais!

Pesquisas já comprovaram que os pets são capazes de reduzir o estresse e sintomas de ansiedade e depressão. Mas, sabemos que a ciência não possui limites e decidiu ir além: estudos divulgados recentemente na revista Circulation, da American Heart Association, apontam que ter um cãozinho dentro do lar pode reduzir em quase 25% o risco de morte, independente da causa. Se falarmos de chances de morte por problemas cardíacos, a diminuição é de mais de 30%.

Estudo revela que risco de morte diminui se você tem um cachorro

Para fazer uma revisão dos benefícios dos pets à saúde, o estudo observou quase quatro milhões de pessoas no Canadá, Escandinávia, Nova Zelândia, Austrália, Reino Unido e nos Estados Unidos.

Outra pesquisa também publicada pela mesma revista científica aponta que pessoas que convivem com cachorros possuem melhores resultados de saúde após sofrerem um ataque cardíaco ou AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Em entrevista à CNN, Tove Fall, um dos autores do estudo e professor na Universidade de Uppsala, na Suécia, disse que o benefício é ainda maior para quem mora sozinho. “Nós sabemos que a solidão e o isolamento social são fortes fatores de risco para morte prematura e nossa hipótese era que a companhia de um animal de estimação pudesse aliviar isso”, afirmou o pesquisador.

Tove também destaca que as pessoas solitárias necessitam de exercícios diários junto ao pet e que a atividade física é fundamental para a reabilitação em casos de AVC ou infarto.

Vale destacar que, apesar dos benefícios apurados, as duas pesquisas são de categoria observacional, ou seja, os estudiosos não conseguem provar que ter um cachorro dentro do lar seja a causa direta dos resultados, mas esses levantamentos devem ser úteis em pesquisas futuras.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.