A importância da castração de cães e gatos

A castração é um procedimento cirúrgico que implica na remoção do útero e ovários, em fêmeas (ovariohisterectomia), e a retirada dos testículos, em machos (orquiectomia). A castração agrega diversas vantagens, como evitar a reprodução desordenada dos pets e a prevenção à ocorrência de doenças, como tumores no aparelho reprodutivo, preservando a saúde do animal.

Uma cadela consegue gerar de 10 a 15 crias e, se seus descendentes continuarem a se reproduzir, podem atingir o número de 64 mil nascimentos, em seis anos. Esse contingente ainda é maior se forem felinos. Assim, continua a aumentar a população de animais que podem, em muitos casos, ser abandonados. Além de passarem fome, frio e serem vítimas de maus-tratos, também influenciam na disseminação de doenças infecciosas.

Uma fêmea que é castrada antes do primeiro período fértil (cio), tem chances de diminuir o desenvolvimento do tumor de mama (uma vez que essa doença depende da existência de hormônio produzido pelos ovários) em até 95%. Evitam também a ocorrência de outras doenças, como a infecção uterina (piometra), o tumor de ovário ou de útero, a gravidez psicológica, entre outras.

Em machos, a remoção dos testículos na juventude pode trazer diversos benefícios, como evitar o desenvolvimento de um tumor de próstata, a presença de hérnias perineais e diminuir riscos de que o pet contraia TVT (tumor venéreo transmissível),  uma vez que, sem o estímulo hormonal, ele perde a libido e não irá mais acasalar (pode variar com a idade em que o animal for castrado).

Claro que existem desvantagens. Pode-se citar, por exemplo, a tendência a ter um aumento de peso, pela diminuição da ação hormonal. Também há possibilidade de ocorrer sedentarismo, com diminuição de atividades instintivas como: pastorear, desejo por caça e praticar guarda.

A decisão de castrar ou não o pet deve ser tomada com muito cuidado, levando-se em consideração os prós e os contras. Não deixar que os pets se reproduzam de forma descontrolada também é um ato de amor. Existem diversos estudos que demonstram benefícios da castração, tanto quanto individualmente, quanto para a população animal como um todo. Tais reflexões podem servir de apoio para a tomada de decisão, de forma consciente.

Vale lembrar que a castração é um procedimento cirúrgico, que deve ser realizado por um médico veterinário. Como em toda cirurgia, existe um período pós-operatório, momento em que o pet deve receber uma medicação específica, seja para cães ou gatos, a fim de evitar infecções e auxiliar na recuperação, além de todos os cuidados específicos relacionados à higiene do pet.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

3 Comentários

  • É realizado algum exame antes da realização da castração da cadela? O procedimento da cirurgia pode ser feito no mesmo dia do exame?Pergunto pq vou levar minha cachorra em outra cidade e é difícil pra mim ficar indo várias vezes.

  • Minha cachorrinha teve que fazer cirurgia de emergência, sendo que teve retirar :útero, trompas e ovários.
    Agora ela acha que teve nenem, adotou bolinha faz como se fosse seu filho, será normal isso, Qto tempo pode durar, que devo fazer.

  • adorei esta mensagem, pois amanha vou levar minha cadelinha para castrar.confesso que estou muito nervosa, mas sei que è para o bem dela, sempre que tenho uma duvida procuro as respostas aqui neste sit.obrigada,

Deixe um comentário