Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Adoção de pets na pandemia

A medida de distanciamento social causada pela pandemia do Covid-19 isolou muitas pessoas de suas famílias e amigos e o exílio social resultou em uma angústia geral no País e no Mundo. Como uma chama de esperança, pesquisas apontam que os números de adoção de pets na pandemia aumentaram, mostrando que os pets foram umas das formas preferidas dos brasileiros para suprir a solidão!

gato filhote adotado saindo da caixa de transporte em direção ao homem

Apesar do País ter o mercado pet sempre bastante aquecido, muitas pessoas ficaram surpresas com um levantamento realizado no ano passado. De acordo com a pesquisa da Radar Pet 2021, o número de adoção de pets na pandemia foi superior ao de compras. A pesquisa também aponta que quase um quarto de tutores de pets adotaram pela primeira vez durante a pandemia e o número de adoção de gatos foi superior (84%) ao de cachorros (54%).

O tempo em casa para os pais de primeira viagem dos pets adotados durante o período da pandemia foi um aliado perfeito para a adaptação dos novos membros da família, já que durante essa fase, os pets precisam de cuidados especiais e muita atenção dos familiares para uma adaptação e educação bem sucedidos. 

Husky siberiano sentado no chão olhando para seu tutor

Com o cenário atual de flexibilização das medidas de distanciamento, muitos pets que tiveram a presença integral de seus tutores em casa durante o isolamento social podem sofrer com a ausência, por isso, é necessário fazer uma readaptação de rotina para evitar que o pet tenha sua saúde mental abalada

Caso o pet não lide bem com a separação, existem alternativas como serviços de Petsitter ou creche, que podem socializar novamente seu pet e ajudar nessa fase, com uma nova rotina. Lembrando que mesmo com a volta ao cotidiano fora de casa, não é recomendado deixar seu pet por longos períodos sozinho! 

Quer ler mais sobre o tema? Veja nossa pesquisa sobre adoção de pets na pandemia

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Vanessa Santos

Estudante de Publicidade e Propaganda, mãe de um Pug muito preguiçoso chamado Harry e aspirante à escritora apaixonada por criar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.