Border collie em apartamento

Muito inteligente, esperto, brincalhão e companheiro, o cachorro border collie é uma das melhores escolhas para quem quer um amigo para a vida inteira, e que vá te acompanhar em todos os desafios, passeios e aventuras que você e sua família fizerem.

Border Collie - Correndo

De porte médio e com bastante pelo, os futuros papais e mamães que pensam em adotar um filhote da raça de cachorro border collie se fazem com frequência a seguinte pergunta: esse cãozinho se dá bem em apartamentos?

É possível que um animalzinho tão elétrico e cheio de vida e energia se adapte a espaços pequenos?

Se você está nessa situação, mas está avaliando se um border collie seria mesmo a melhor opção para morar no seu apartamento, esse texto é para você.

Temperamento do Border Collie

Antes de perder tanto tempo se perguntando se seu futuro amiguinho se adaptaria a um apartamento, é importante que você entenda um pouco sobre o border collie e seu temperamento.

Os cães desta raça gostam de brincar muito. Seu maior divertimento é passar horas correndo, gastando energia, correndo atrás de bolas ou de outros objetos que possam perseguir. Quer deixar um filhote border collie feliz? Dê desafios a ele.

Ensine brincadeiras em que ele possa usar sua inteligência para resolver os enigmas e conseguir algumas recompensas, por exemplo.

Muito leal, o border collie estará sempre junto do papai ou mamãe, principalmente se puderem fazer exercícios juntos. Sabe aquela caminhadinha no parque aos finais de semana que você vive adiando? Que tal levar seu amigo peludo para tomar ar fresco e aproveitar esses momentos felizes juntos? Aposto que ele irá adorar. Esses passeios, aliás, devem fazer parte da rotina do seu border, não podendo ser algo esporádico.

Extremamente concentrado em todas as suas atividades, o cachorro border collie chega até mesmo a ser um pouquinho provocador, já que gosta de encarar outros animais ou até mesmo brincar de “pega-pega”. Bom, no mundo animal esse lado brincalhão pode não ser tão bem visto.

Além disso, ter um amiguinho dessa raça significa que você estará à salvo de qualquer perigo, afinal o border collie é muito protetor, e pode até ser um pouquinho arisco com estranhos, principalmente se ele desconfiar que essa pessoa (ou animal) pode fazer mal a seu humano favorito. Fazer um trabalho de socialização desde cedo é fundamental.

Adestramento

Bem, depois de ler tudo isso você ficou convencido de que esse é o cãozinho ideal para viver com você em seu apartamento, certo? Então que tal pensar no adestramento para seu border collie?

Sim, apesar de todas essas características positivas, o border collie pode ser um pouquinho insistente e fazer mais bagunça do que você planejava em seu apartamento, especialmente se estiver frustrado por falta de exercícios mentais e físicos. Então, para evitar encrencas com vizinhos, ou mesmo encontrar chinelos destruídos e roupas rasgadas, invista em aulas de boas maneiras para seu cãozinho.

Processo

Para que o adestramento do seu pet funcione, é preciso que comece cedo. O ideal aqui é treiná-lo enquanto ele é um filhote de border collie.

Embora seja tão inteligente, até para não assustar o animalzinho, o melhor é começar o adestramento com comandos simples, para que ele vá assimilando as palavras e ações aos poucos.

Por ser um tantinho desconfiado e provocador, no momento do adestramento e da socialização, procure sempre mostrar a ele que os outros cães são amigos e não uma ameaça. Assim, quem sabe, ele provoque menos os cães da vizinhança? 

Paciência

Um conselho muito importante para quem vai adestrar um filhote de border collie é ter paciência, respeitando o tempo de aprendizado do bichinho, mas sempre sendo firme com ele, mostrando que ele pode confiar em você, por isso deve atender ao seu pedido para ser recompensado.

Por ser tão inteligente, alguns borders podem questionar sua autoridade durante o treinamento, principalmente se já forem animais adultos. Se esse for o caso do seu amiguinho, tenha calma.

Seja com essa ou com qualquer outra raça de cãozinho que vá passar por um processo de adestramento, a paciência é um item muito importante. Afinal, o bichinho aprenderá bastante coisa e é natural que não concorde com alguns comandos ou considere as aulas uma grande brincadeira.

Afinal, posso criar um border collie em um apartamento?

Você até pode, mas precisa ponderar a respeito do seu estilo de vida e as condições de bem-estar que irá oferecer para ele. Com uma boa educação, muito amor, atenção, exercícios mentais e passeios diários, a raça border collie é capaz de se adaptar bem aos apartamentos. Além disso, por ser tão companheiro e leal, ele será uma excelente companhia para aquelas tardes de chuva e filmes.

Se apaixonou pelos cãezinhos dessa raça? Está pensando em adotar um? Comente se essas dicas foram úteis para sua decisão. 

Sobre o autor

Ana Luísa

Ana Luísa

Apaixonada por gatos, séries de comédia romântica e livros de suspense. Mãe da Lola Maria e Alice Maria, duas gatas que enchem a vida de amor e a roupa de pelos. Quando encontra algum gatinho na rua sai correndo atrás - mesmo que tenham donos. Sonha em ter um cachorro Vira Lata pra completar a família.

13 Comentários

  • Olá pessoal ganhei border collie ela tem dois meses e estou tendo dificuldades em ensinar a fazer suas necessidades no lugar certo . Estou dando ração da marca especial dog para filhotes e desde que ganhei ela notei que seu coco esta mole será que é a ração ? Estou precisando de ajuda será que devo arrumar um adestrador?

    • Olá! Normalmente os borders aprendem bem rápido. Talvez a abordagem não esteja sendo adequada ou o local que foi escolhido por vocês para as necessidades dele.

  • Temos um Border Collie de 3 meses.
    Ele é muito esperto, mas como não pode passear ainda, fica entediado e começa a roer todos os móveis.
    Quando estamos em casa com ele, ele quer brincar o dia todo.
    É muito muito muito carinhoso.
    Raça TOP!

    • Olá, Diego! Borders não costumam ser extremamente destruidores, mas quando apresentam esse tipo de comportamento, querem demonstrar que estão ociosos. Tente oferecer brinquedos interativos e atividades mentais.

  • Temos um Border Collie de 3 meses.
    Ele é muito esperto, mas como não pode passear ainda, fica entediado e começa a roer todos os móveis.
    Quando estamos em casa com ele, ele quer brincar o dia todo.
    É muito muito muito carinhoso.
    Raça TOP!

  • Tenho uma border collie de 1ano e meio. Ela é linda e companheira, mas, morde demais… quando vamos caminhar ela tem medo de outros cachorros e recua..

  • Ola, A Maya chegou esta semana(23/06/18), está com dois meses. Moramos em Manaus, num apartamento, mas, temos uma grande área de parque para os passeis e corridas com ela. Inclusive um pet place com aparelhos de agility. Ela está no período de “quarentena” e já estamos um pouco ansiosos para completar as vacinas e ela poder ter vida social. Por enquanto, paciência com os xixis e cocôs ainda em vários pontos do apto. Muito carinho e brincadeiras…. Contamos mais assim que ela comece a sair e novidades aconteçam. Agradecemos as dicas acima e estamos abertos para novas…..

  • Meu Border Collie está com 3,5 anos e moro em apartamento. Ele se adaptou muito bem, e vive tranquilo e feliz. Duas vezes por semana passa o dia em um Pet Shop para gastar sua energia e duas vezes por dia caminho com ele por uma hora mais ou menos. Come bem, bebe bastante água e faz toda suas necessidades num espaço reservado para ele. Nunca fez nada fora desse espaço. Quando faz suas necessidades nos avisa com um latido peculiar pois não gosta de ver seu “banheiro” sujo. Companheirão, faz sucesso em suas andanças pois é dócil e muito bonito. Dá trabalho? Dá sim, mas um trabalho recompensado com muito amor que nos transmite.

  • Oiii PetLovers, tenho dois Border Collies irmãos ( o macho se chama Luke de 2 anos e 1/2 e a fêmea se chama Cacau de 1 ano e 1/2) e o que posso garantir pra vcs que essa raça é incrível e se adaptaram super bem em nosso apartamento. No primeiro ano de vida deles tivemos muita . muita paciência e por causa dessa paciência, esforço e dedicação para com eles o nosso dia a dia é perfeito! Não imaginamos nosso lar sem eles! Eles são a nossa alegria aqui em casa! Para dar certo temos certos cuidados: É uma raça que solta MUITO pelo. Então o ambiente tem que ser limpo todos os dias. Passar pano todos os dias. Eles tomam muita água porque gastam muita energia e temos no ambiente uma panela grande de inox pra manter a água sempre fresquinha. Como eles são cães super ativos, temos aqui em casa muitas brincadeiras: muitas bolinhas de todos os tamanhos, a corda no teto com uma bola de basquete amarrada na ponta é o brinquedo preferido deles, temos o cuidado de manter a vasilha sempre cheia de ração e principalmente o local onde fazem xixi estar sempre limpo também. Armazenamos a água da máquina de lavar já com o sabão pra lavar a área deles. Eles fazem xixi sobre uma grade e embaixo dessa grade tem o ralinho, então é só jogar a água com o sabão e está limpinho. O cocô deles é super durinho porque só comem ração e frutas. Para coletar o cocô temos um rolo com saquinho de feira. É super pático! Recolhemos esse lixo todos os dias pra não dar cheiro no ambiente. Se vc tiver um ambiente limpo, muitas brincadeiras, muita água e ração não terá problema algum. A ração que damos pra eles é Cibau Super Premium. Os pelos são incrivelmente brilhantes e macios e o principal: meus cães não têm cheiro ruim. Vc pode passar meses sem dar banho neles que vc não sentirá cheiro… Outra dica é: dar banho neles com o sabonete Mata Cura. É super baratinho, dura uma eternidade, rsrs, e o mais importante: evita ter alergias, pulgas e carrapatos. Meus cães dormem muito a tarde e só comem qdo chegamos do trabalho que é por volta das 19h. Esse é o momento mais bonito do nosso dia: quando chegamos em casa super cansados, eles estão lá te esperando com muitos abraços, pulos e lambidas de saudade! Não poderia ter uma vida melhor!

  • A nossa Border já fez 2 aninhos, mas continua uma criança. Moramos em casa e corremos com ela umas 3 x por dia, fora as brincadeiras, é extremamente carinhosa e companheira. Todos se apaixonam por ela, e adora quando os amigos cães vem visitá-la, ficam horas brincando. Esses bichinhos são tudo de bom.

  • adotei minha boder collie adulta, ela ja passou por duas casas fora a minha, temos uma dalmata simpatica, mas ciumenta. estamos tentando ajuda-las a conviver, mas a Lira, a boder collie tem medo de tudo, inclusive da dalmata

    • é o meu caso! Adotei o meu já adulto! está comigo há um ano. hoje ele está com 3 anos e 2 meses! moro em uma casa com quintal e ele corre o dia inteiro.. a única dificuldade que estou tendo é que ele é muito fujão! sempre que abro o portão para entrar o o carro ele sai e fica um tempão na rua farejando tudo! tenho muito medo porque ele tem resistência ao meu comando por já ser adulto e nunca ter sido adestrado. então ele sempre acha que estou brincando e corre cada dia mais longe!

  • amei! a matéria! obrigada! tenho um border collie com 5 meses! meu marido esta adestrando ele, moramos atualmente em apartamento, saímos de 2 a 3 vezes ao dia com ele, esta ficando cada vez mais educado, e muito companheiro e amoroso, traz muita alegria a nos.

Deixe um comentário