Bulldog Francês

bulldogue frances

bulldogue frances

Ele teria como ancestral o Dogue do Tibete ou da Ásia. Este, após ter dado origem ao Dogue da Macedônia, teria sido importado à Inglaterra pelos Fenícios. Cruzamentos com diversos Terriers diminuíram pouco a pouco o tamanho. Quando ele apareceu na França, ao redor de 1850, já apresentava certas analogias com o Bulldog francês.
Novos cruzamentos efetuados com as raças indeterminadas (Carlin) contribuíram para formar o Bulldog francês atual.
Apreciado como cão que caça ratos, ele foi companheiro dos açougueiros da Villette e o guarda-costas dos vadios do Pantin.
O padrão da raça foi definitivamente fixado ao redor de 1898. Após um período de declínio, assiste-se a um retorno da raça, em circunstâncias favoráveis.

Grupo cinologico 11

MOLOSSOS DE PEQUENO PORTE
PAÍS DE ORIGEM: França

CABEÇA
Muito forte, larga, quadrada com dobras e rugas. Crânio largo, quase chato. Testa muito arredondada. Stop muito acentuado. Cana
nasal curta e achatada, com dobras concêntricas. Trufa voltada para o alto. Lábios espessos e pretos. Maxilares largos, quadrados, potentes. Proeminência do maxilar inferior (prognatismo) moderada.
OLHOS
Redondos, bastante grandes, ligeiramente salientes, escuros.As bordas das pálpebras são pretas.
ORELHAS
Retas, médias, largas na base e arredondadas no ápice (em morcego).
CORPO
Cheio, muito musculoso. A linha da parte superior se eleva progressivamente até o lombo. Pescoço curto sem papada. Peito  ligeiramente aberto, cilíndrico. Costelas em “barril”. Dorso largo. Lombo curto. Garupa oblíqua.Ventre erguido.
MEMBROS
Anteriores espessos, curtos. Membros posteriores um pouco mais longos. Patas redondas, “patas de gato”, viradas ligeiramente
para fora.
CAUDA
Naturalmente curta, espessa na base, com nó ou quebrada, afinada e longa na extremidade.
PÊLO
Rente, junto, brilhante e macio.
PELAGEM
– “Bringé” (traçados sombrios mais ou menos verticais num fundo branco): fulva com traçados transversais pretos (“bringeures”). Mistura de pêlos pretos e ruivos. Admite-se o branco em pequena proporção, no peito e na cabeça.
– Branco e “bringé”, denominado “caille” (fundo branco com manchas “bringées”): pelagem “bringé” com manchas coloridas em um fundo de outra cor, invadindo.  Fundo branco com manchas
“bringée”.A pelagem inteiramente branca é classificada com os “cailles”.

TAMANHO DO BULLDOG FRANCES

De 25 a 35 cm.

PESO DO BULLDOG FRANCES

De 8 a 14 kg

 

Temperamento, aptidões, educação:
Ativo, corajoso, perseverante, esse cão, de caráter bem enérgico,é um bom guardião. Muito afetuoso, sensível, de natureza fortemente agradável, é um companheiro que exige muita atenção e afeto. Ele é meigo com as crianças. É bastante agressivo com seus congêneres. Sua educação deverá ser firme, precoce, mas com candura e persuasão.
Conselhos
Cão de cidade por excelência, adapta-se bem à vida em apartamento. Por ocasião dos passeios, ele não deve puxar na guia, pois pode adquirir um mau hábito. Não suporta a separação do seu dono. Ele detesta o calor, que causa dificuldades respiratórias, agravadas pelo seu nariz muito curto. Escovar todos os dias em período de mudança de pêlos. Banho a cada dois meses. Vigiar o estado de seus olhos e das dobras da face.
Utilização
Cão de companhia. Cão de guarda

FONTE: Enciclopédia do cão ROYAL CANIN

 

 

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

Deixe um comentário