Cadastre-se e ganhe 15% OFF na primeira compra!

Cachorro idoso cambaleando: veja como ajudá-lo

Notou seu cachorro idoso cambaleando neste últimos dias? Então saiba que ele pode estar com algum problema e, portanto, precisa da sua ajuda para manter a saúde em dia.

Uma série de motivos podem explicar um cachorro cambaleando, mancando ou aparentemente “desnorteado”, e o mais preocupante é que a maioria deles é considerado grave.

Cachorro idoso cambaleando, o que pode ser?

A princípio, são várias razões que podem explicar porque o seu cachorro idoso está cambaleando. A primeira delas são as doenças neurológicas, que geralmente fazem o pet ficar um pouco mais desnorteado e/ ou desequilibrado.

A seguir, veja as causas mais comuns que podem explicar essa problema:

cachorro idoso cambaleando em um gramado

1- Disfunção cognitiva canina

Também conhecida como “alzheimer canino”, a disfunção cognitiva é um dos problemas mais comuns na terceira idade. Além de agressividade, dificuldade em reconhecer locais e pessoas conhecidas e os latidos excessivos durante a noite, o problema faz com que o cachorro fique desnorteado algumas vezes.

2- Síndrome vestibular canina

Outra doença neurológica que faz um cachorro idoso andar cambaleando é a síndrome vestibular canina, que afeta diretamente a área do ouvido que controla o equilíbrio do pet. 

Inclusive, esse é um problema comum em cães com otites crônicas ou que já tiveram algum problema na região, mas não foi tratado da maneira correta.

3 – Envenenamento

Quem tem um cachorro em casa sabe o quanto eles são extremamente curiosos e adoram mexer onde não são chamados. E essa tal curiosidade, infelizmente, faz com que entrem em perigo ao comer alimentos que provocam envenenamento ou intoxicação.

Embora sejam problemas diferentes, os sinais clínicos são os mesmos: apatia, vômitos, diarreia, falta de apetite, desnorteamento entre outros.

4- Raiva canina

Por afetar o sistema nervoso central dos cães, a raiva canina também está entre os principais motivos que fazem um cachorro idoso andar cambaleando, embora a salivação excessiva seja o sintoma mais comum.

Basicamente, um cachorro com raiva pode babar demais e andar de maneira desnorteada e com pouca coordenação motora vez ou outra.

5 – Dores

Por último, as dores articulares, musculares ou ósseas também podem ser o problema do seu cachorro idoso cambaleando. Em casos como esses, além de mancar, os cães podem vocalizar, gemer e até evitar qualquer tipo de contato, seja com você ou outras pessoas.

cachorro mancando na áreia da praia

Cachorro idoso cambaleando: qual o tratamento?

Basicamente, o tratamento para um cachorro idoso cambaleando deve ser prescrito apenas por um médico veterinário, que deve diagnosticar a razão do comportamento e, posteriormente, te indicar o melhor a se fazer, seja um medicamento ou procedimento.

Em outras palavras, o tratamento vai depender da verdadeira causa do problema. Dessa forma, não é recomendado medicar o cão idoso por conta próprio, pois isso pode provocar ainda mais complicações à saúde dele.

Depois de saber o que fazer com um cachorro cambaleando, visite o blog da Petlove para mais dicas e informações sobre o mundo canino! 

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

É Jornalista, apaixonado por pets e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.