Cachorro pode comer laranja?

Rica em vitamina C, betacaroteno, fibras e outros inúmeros nutrientes, a laranja é uma das frutas que mais nos traz benefícios. Para se ter uma ideia, existem estudos que comprovam que ela é capaz de reduzir o risco de AVC e até alguns tipos de câncer. Pensando também no bem-estar canino, será que cachorro pode comer laranja?

Se essa era a sua dúvida, a resposta é sim, os cães podem comer laranja, mas é preciso ter muito cuidado, pois erros no oferecimento da fruta podem ser prejudiciais ao invés de benéficos.

Cachorro pode comer laranja?

Embora a laranja seja rica em açúcares, ela traz muitos benefícios aos cachorros se oferecida da maneira mais precisa. Cães de pequeno porte devem  consumir entre 1/4 a 1/3 de uma fruta inteira, enquanto os maiores podem comer uma quantidade levemente superior. É importante racionar, pois o excesso pode causar problemas gastrointestinais. Ah, se o seu pet for diabético, não é nem um pouco recomendado oferecer pedaços de laranja para ele, justamente por conter uma quantidade significativa de açúcares.

Vale lembrar que a laranja, em forma de suco natural, é a melhor opção e mais aceita pelos cachorros.

Benefícios da laranja para cachorros

O principal benefício em oferecer laranja para os cachorros é a alta dose de vitamina C. Inclusive, ela é capaz de ser um complemento à dieta de cães esportistas ou estressados, já que podem apresentar um déficit de vitamina C.

A vitamina, juntamente com as fibras, tem um efeito extremamente positivo no sistema imunológico canino, consequentemente prevenindo diversas doenças, assim como ocorre com os humanos. Além disso, a laranja também é um ótimo antioxidante e pode ser positiva em alguns casos de intoxicação, por exemplo. Muitas vezes, o suco de laranja pode ser indicado por um profissional se o seu pet apresenta problemas de saúde como vaginite ou cistite

Tenha cuidado!

Como dissemos acima, oferecer laranja para um cachorro da maneira errada certamente será prejudicial à saúde dele. Além da quantidade, os pais humanos devem tirar todas as sementes e remover a casca, que mesmo contendo muita vitamina C, não é tão digestível e, por isso, pode causar problemas gastrointestinais e até obstruções intestinais.

Também é preciso levar em consideração as calorias e açúcares adicionais encontrados na fruta, já que o exagero pode provocar, entre outros contratempos, o sobrepeso. Quer oferecer laranja para o seu cachorro? Consulte um médico veterinário antes de fazer qualquer alteração na dieta do pet.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.