Oito alimentos que seu cachorro NUNCA deve comer

Sabemos o quanto é difícil resistir àquela carinha de pidão ao lado da mesa de jantar. Mas é preciso ser forte, pois, mesmo que a intenção seja boa, não queremos trazer nenhum tipo de malefício à saúde do nosso cachorro, já que não é recomendado oferecer comida humana a eles.

Oito alimentos que seu cachorro NUNCA deve comer

Um erro bastante comum é oferecer um alimento humano alegando que ele faz bem à nossa saúde e, então, também fará bem ao cão. O que pouco se sabe é que algumas substâncias que para nós são bastante benéficas, podem ser prejudiciais ou tóxicas para a saúde do cachorro. A seguir, separamos oito alimentos que seu cachorro nunca deve comer.

Semente de maçã

É normal que muitos pais ofereçam maçãs aos seus cachorros, tanto em pedaços quanto em formas de receita. Mas é preciso ter cuidado e evitar dar a maçã inteira, pois as sementes contém cianeto, uma substância muito prejudicial a eles. O mesmo conselho vale para caroços e sementes de outras frutas.

Macadâmia

Muita gente nem sabe o que é uma macadâmia, mas, ainda assim, precisamos alertar a todos. Por mais que seja bastante saudável para nós, ela contém algumas substâncias bastante nocivas para os cachorros, que podem causar hipertermia, depressão, aumento de colesterol, complicações no sistema digestivo entre outros.

Frituras e alimentos gordurosos

Quem tem um cachorro em casa sabe a festa que eles fazem quando o entregador de pizza buzina no portão. Mas, para a infelicidade canina, esse é um alimento perigoso, assim como batatas fritas, massas, salgadinhos entre outros. A gordura em excesso faz mal tanto para nós quanto a eles, que podem sofrer com diarreia e até pancreatite – isso sem contar o risco de obesidade.

Alimentos mofados

As neurotoxinas fúngicas encontradas em alimentos envelhecidos podem provocar vários problemas no sistema digestivo do cão, além de tremores, convulsões e temperatura corporal elevada. Portanto, nada de oferecer aquele pão de três ou quatro dias atrás e esteja sempre atento se o seu pet vive dentro de casa, para que ele não ponha o focinho onde não é chamado e mexa nos armários.

Semente de mostarda

As sementes de mostarda, quando ingeridas, são capazes de provocar gastroenterite, caracterizada por vômitos e diarreias frequentes.

Chá

Alguns chás possuem duas substâncias extremamente nocivas para os cães, que também são encontradas no chocolate: a cafeína e a teobromina, que afetam diretamente a atividade cardíaca do cachorro.

Chicletes

A maioria dos chicletes, até mesmo os sem açúcar, possui xilitol em sua composição, que é um tipo de açúcar artificial utilizado na produção de doces bastante prejudicial à saúde canina.

Bebidas alcoólicas

Não deveríamos falar que os pais humanos nunca devem oferecer bebidas alcoólicas para cachorros ou outros animais, não é mesmo? Apesar da obviedade, vale o alerta, pois elas podem causar vômitos, diarreia, diminuição da coordenação, dificuldades para respirar, convulsões e, em casos mais sérios, a morte.

Seu cachorro ingeriu algum desses alimentos? Leve-o imediatamente para um médico veterinário de confiança para uma avaliação. Lembre-se de que o seu cachorro não tem o mesmo organismo que o seu. Portanto, todo cuidado é pouco!

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.