Cachorros e gatos podem ser alérgicos a frango

É difícil imaginar que um cachorro ou gato possa ser alérgico a frango, não é mesmo? Ainda mais se levarmos em conta que o frango é a proteína mais popular ao lado da carne bovina, que também pode causar reações alérgicas nos pets. Mas, afinal, por que isso acontece?

Cachorros e gatos podem ser alérgicos a frango

Existem duas reações negativas aos alimentos: a de hipersensibilidade, que envolve todo o sistema imunológico do animal e apresenta reações tardias à ingestão do alérgeno (substância causadora) vindos de fontes de carboidratos ou proteínas, e a intolerância alimentar que, diferentemente da hipersensibilidade, não deixa nenhum tipo de dúvidas: basta o pet consumir e momentos depois já apresenta algum tipo de reação, geralmente inchaço, coceira, vômito ou diarreia.

Como saber se o meu pet tem alergia alimentar?

O principal sintoma de uma alergia alimentar são as coceiras, que podem atingir o corpo todo ou apenas as orelhas, mãos e pés. Alguns podem apresentar vômitos, gases ou diarreia, mas são indícios menos comuns.

Normalmente, a intolerância alimentar é a verdadeira culpada em casos de filhotes que estão sofrendo com coceira excessiva, já que a hipersensibilidade age de forma tardia e costuma aparecer por volta de um ou dois anos de vida.

Realizar um teste alimentar com o cachorro ou gato é a melhor maneira de descobrir se ele é intolerante ou sensível ao frango. O teste é feito durante oito e 10 semanas e nenhum outro alimento pode ser dado neste período. O médico veterinário normalmente recomenda uma dieta de eliminação (com uma única fonte de proteína que o pet nunca tenha ingerido), geralmente com rações hipoalergênicas, mas também existem exames sorológicos, que em alguns casos podem não ser tão precisos.

Cachorros e gatos podem ser alérgicos a frango

Meu pet tem alergia a frango, e agora?

Se o seu pet possui intolerância ou sensibilidade ao frango, o mais recomendado é oferecer a ele uma ração hipoalergênica, que conta com proteínas quimicamente hidrolisadas, tornando o alérgeno quase “invisível” ao organismo do cachorro ou gato. A Ração Canin Canine Veterinary Diet Hypoallergenic é uma boa alternativa para cães com alergias alimentares e manifestações dermatológicas. Também existe a versão para gatos da Royal Canin, com as mesmas funções e propriedades.

Caso suspeite de uma alergia alimentar no seu pet, converse com um médico veterinário para que seja recomendada uma dieta adequada à necessidade dele.

Sobre o autor

Gabriel Arruda

Gabriel Arruda

É estudante de Jornalismo, apaixonado por animais e esportes. Está sempre em busca de novos desafios, justamente pela curiosidade que o toma conta. Pai de um Beagle chamado Johnny, mais conhecido como "o Destruidor".

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.