Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Caixa de brinquedos para cachorro é necessário?

Como você guarda ou organiza os brinquedos do seu pet? A resposta mais comum é colocar tudo em uma caixa de brinquedos para cachorro e deixar disponível ao cão. Mas será que essa é a melhor estratégia?

dois cachorros juntos olhando para cima

Deixar brinquedos espalhados pela casa toda pode incomodar os tutores mais organizados. Então, a tática mais comum é colocar tudo em uma caixa. Assim, quando o cachorro quiser brincar, basta ele ir até a caixa e pegar o que interessar.

O grande problema é que muitos dos brinquedos da caixa ficam lá, esquecidos, bem no fundo, sem nunca serem usados. Isso acontece exatamente pelo fato de estar tudo sempre disponível ao cão.

Cães gostam de novidades. Assim, algo que lhe é oferecido todos os dias, chega uma hora que perde a graça. Nós também somos assim com jogos, livros, redes sociais e até comida. Quem nunca enjoou de um arroz e feijão todo santo dia?!

Sempre que eu chego em uma casa, peço para o tutor me mostrar todos os brinquedos do cachorro. Alguns não têm nenhum, por destruírem todos. Outros têm tantos que não cabe em uma só caixa. Mas na verdade, brincam com três ou quatro somente.

A solução para isso é muito simples: não ter uma caixa de brinquedos, mas sete. Uma para cada dia da semana. Não precisam ser caixas lotadas de brinquedos. Dois ou três já bastam. Um mordedor, um dispositivo recheável e uma pelúcia, por exemplo.

Em cada caixa, coloque brinquedos diferentes, à medida que o cão receba uma novidade para cada dia da semana. 

Assim, ele não irá enjoar, você saberá exatamente de que tipo de brinquedo ele gosta e não irá acumular objetos sem necessidade. Nada de caixa de brinquedos para cachorro sem uso. O que seu cachorro não quiser, doe para uma ONG.

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Luiza Cervenka

Luiza Cervenka é bióloga, com mestrado em Psicobiologia (comportamento animal), Pós-graduação em Jornalismo e doutoranda em Medicina Veterinária. Assina o blog Comportamento Animal do Estadão e tem quadro pet no Programa Revista da Manhã na TV Gazeta. Atende cães e gatos como Terapeuta Comportamental.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.