Cobras

Cobras: como ter uma de estimação - Petlove - O Maior Petshop Online do Brasil

Cobras: Como Ter Uma de Estimação.

Cobras são répteis e, como todos os demais, são pecilotermos, ou seja, animais de sangue frio. Embora muitas pessoas tenham verdadeira repulsa por esses animais, algumas são verdadeiramente apaixonadas por eles. A excentricidade, comportamento peculiar e a forma de se alimentar, bastante diferentes dos demais animais, chamam a atenção dos donos desse pet.

No Brasil, apenas cobras exóticas e não peçonhentas podem ser criadas. Para se ter um animal da fauna brasileira é necessário ter autorização do IBAMA, algo que não é fácil. A aquisição de um pet desse gênero deve ser feita em criadouro legalizado e nunca nas ruas da cidade, pois o tráfico de animais silvestres constitui crime inafiançável.

O local no qual viverão deve ser o mais aproximado possível do seu ambiente natural. As cobras precisam se exercitar e, por isso, o habitat e acessórios para cobras precisam ser grandes e adequados para o tamanho da espécie escolhida. Luzes e aquecedores para cobras devem ser usados para manter o ambiente entre 27 a 29ºC. Pode ser usado também, o chamado tapete de aquecimento, que é ligado à um termostato e auxilia no controle da temperatura. Caso se opte pela lâmpada, não a deixe dentro do terrário, sem proteção, pois a cobra pode se enrolar na mesma e sofrer sérias queimaduras.

Sua alimentação é a base de ratos congelados ou vivos, mas a frequência com a qual deve ser fornecida varia bastante entre as espécies, sendo que algumas se alimentam quinzenalmente, outras mensalmente. Se o escolhido for o animal morto, ele pode ser oferecido nos acessórios para alimentação de cobras. Essa é a escolha mais comum entre os criadores, por ser fácil de ser comprado e armazenado no lar.

As cobras trocam de pele mensalmente ou a cada bimestre e, se apresentar alguma ferida física, irá fazer a muda de pele mais rapidamente, para curar a lesão. Todo o processo dura de 3 a 5 dias e, nesse período, a umidade do terrário deve ser mantida em 75 %, para facilitá-lo. Isso pode ser feito borrifando água no local. Se esse período passar e a cobra continuar com a pele grudada em seu corpo, o dono precisa banhá-la em água morna a uma temperatura aproximada de 26 °C, o que irá ajudá-la. Mestre nas fugas, qualquer buraquinho ou folha que a leve para fora do terrário pode ser suficiente para ela sair passeando pela casa. Deve-se ter cuidado e atenção para que isso não ocorra.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

4 Comentários

Deixe um comentário