Como Escolher o Petshop Ideal para Banho e Tosa?

 

Como escolher o petshop ideal para banho e tosa? - Petlove

Como Escolher o Petshop Ideal para Banho e Tosa?

Os pets estão cada vez mais inseridos no ambiente familiar, chegando até mesmo a dividir a cama com seus donos, e isso faz com que haja a necessidade de que ele sejam devidamente higienizados de forma a não trazerem desconforto ou transmitirem doenças aos que convivem com eles. A frequência dessa higienização depende do porte, da raça e da espécie do pet. E deve-se levar em conta, também,  se ele possui alguma doença que obrigue o dono a aumentar a frequência das higienizações. Problemas de pele, como sarnas e eczemas, são exemplos de algumas dessas doenças. Alguns proprietários têm receio de levar o animal para banho e tosa em petshops e adquirem acessório para banho e o fazem em casa. Porém, com algumas precauções, é fácil escolher uma loja que preste esses tipos de serviço de forma segura e saudável ao animal.

Atualmente existem mais de 25 mil petshops cadastrados no Brasil. Apesar disso, ainda existem muitos locais informais. Porém, um estabelecimento de petshop é mais do que um local para adquirir pentes e escovas eliminador de odores ou um simples salão de beleza. É um local que auxilia o dono a manter a saúde e a higiene do animal. Existem alguns itens que devem ser verificados e que ajudam a identificar um bom local para levar os pets. O petshop deve exibir seu alvará de funcionamento, ter um médico veterinário responsável por ele, bem como os certificados de cursos profissionalizantes de banho e tosa de seus funcionários.

O ideal, além de checar os documentos, é assistir ao banho do pet e ver como os profissionais tratam os animais, além de avaliar a higiene do local. Esse ponto é muito importante, pois esses centros de estética animal possuem alta rotatividade e se não tiverem uma higienização adequada podem virar pontos de distribuição de micro-organismos que podem causar doenças.

Os produtos usados no banho e tosa também merecem atenção. É importante que usem aparatos próprios para essas funções, como tesouras, alicates e cortadores de unha. Perguntar e, muitas vezes, pedir para ver os objetos é extremamente válido, pois assim tem-se a oportunidade de ler o rótulo, checar registro técnico, dentre outras informações pertinentes.

E não se pode esquecer de que é muito importante avaliar a reação do pet às visitas ao petshop, sendo esse um dos principais termômetros para se fazer a escolha do melhor estabelecimento para onde levar seu amigo. Se após a visita ele ficar muito abatido, tristonho ou apresentar alguma outra alteração no comportamento, esses podem ser indicativos de que exista algum problema.

Opções existem muitas, porém devemos averiguar a qualidade do petshop e escolher um de confiança.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

1 Comentário

  • Oi Dicas

    Crise ?? Quem não é visto não é lembrado !!!!! Divulgue-se

    Apareça para seus clientes em potencial, divulgamos seu PetShop ou Clínica veterinária via Whatsapp, SMS, Redes Sociais e E-mail Marketing.

    Divulgação Hiper Segmentada, só enviamos sua propaganda para potenciais clientes, com isso reduzimos seu investimento e maximizamos seus resultados.

    Venha conhecer nosso trabalho sem compromisso: acesse http://www.sejavisto.com.br

Deixe um comentário