Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Como acabar com o mau hálito do meu cachorro?

Seu cachorro ou gato sofre de mau hálito? Considerada uma das queixas mais comuns de tutores de pets, o “bafinho” dos nossos animais de estimação pode ser algo ruim para quem convive com eles. Com o tempo, parece que o problema fica ainda mais evidente e em alguns casos, acaba atrapalhando a proximidade entre pais e filhos de quatro patas.

Qual a causa do mau hálito dos animais?

São diversos os motivos que podem fazer com que um cachorro ou gato apresente mau hálito. Diferentemente do que a maioria pensa, não apenas a boca em si pode ser a razão do cheiro mais forte.

O problema pode, sim, ser por falta de higienização dos dentes (acumulando placas bacterianas que causam o odor mais forte), mas pode também indicar distúrbios gástricos, respiratórios, hepáticos, renais, entre outros.

A partir de uma avaliação, o médico veterinário saberá dizer aos tutores de pet o que gera a halitose no animalzinho, mas hoje em dia, contamos com muitos produtos no mercado pet capazes de amenizar ou sanar isso.

Mastigar é preciso

Antigamente, não era comum escovarmos os dentes de nossos cães e os médicos veterinários sempre diziam que o mastigar da ração promovia uma espécie de “escovação mecânica” dos dentes, fazendo com que se mantivessem limpos e saudáveis. Isso continua sendo uma verdade, mas acontece que hoje em dia, nossos cachorros raramente se alimentam exclusivamente de ração seca (fazendo parte do cardápio petiscos, rações úmidas e outros produtos).

Sendo assim, hoje contamos com petiscos mais voltados para esta “limpeza automática” dos dentes como é o caso do Pedigree Dentastix, o Purina DentaLife e o Osso Kelco Keldog Dental.

Uma boa opção é, ainda, oferecer ao animalzinho brinquedos que promovam um efeito similar. Mordedores e brinquedos resistentes como os da Buddy Toys e da Pet Games podem auxiliar – e muito – na limpeza geral dos dentes sem a ingestão das calorias extras contidas nos petiscos.

Escovar os dentes do cachorro

Escovar os dentes de um cachorro pode não ser uma tarefa muito simples, mas acredite: a prática traz benefícios incríveis para a saúde bucal do seu pet. Inicie a dessensibilização do cão com uma dedeira especial para animais, respeite o tempo do peludo e sempre utilize pastas de dente específicas para cães. A Pasta Dental Enzimática C.E.T da Virbac e a Dental Guard Pet Society são referência no mercado. Converse com um médico veterinário para saber qual o tipo mais indicado.

Fique atento aos sinais

Sangramento de gengiva não deve ser algo comum. Se seu cachorro costuma deixar manchas de sangue nos brinquedos, procure ajuda. Assim como acontece conosco, eles também podem ter gengivite (inflamação da gengiva), que quando não tratada pode acarretar em problemas piores.

Dentes muito amarelados e cobertos por placa (tártaro) devem ser avaliados por um médico veterinário – que lhe dirá se é ou não a hora de realizar uma limpeza. O acúmulo de tártaro pode resultar não somente na perda dos dentes, mas também em consequências ainda mais graves, como a endocardite (inflamação de uma das “camadas” do coração).

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, três gatos e oito peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos. Hoje, é Coordenadora de Conteúdo Veterinário da Petlove&Co.

4 Comentários

  • Oi Jade! Minha Lolla sempre teve mau hálito. Ela não come nada que não seja ração. Já demos de tudo, mas ela só a eita a ração. A dela é Hills. Ela é uma Yorkshire e completou 2 anos. Gostaria de Sá ar se tem algum exame específico que eu poderia solicitar ao veterinário pra ver se é alguma coisa de ordem estomacal ou qq outra coisa. Ela é super saudável e não há nada que demonstre estar errado com ela… Obrigada!

    • Olá, Mônica! Algumas doenças relacionadas ao fígado e aos rins podem resultar em um hálito mais forte, porém sua cadelinha é bastante nova… os yorkshires têm uma tendência grande às doenças periodontais (como gengivite, acúmulo de placa bacteriana etc). Relate essa queixa ao seu médico veterinário e vejam, juntos, o que pode ser feito para melhorar essa questão. um abraço!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.