Como cuidar de um Husky Siberiano?

Como o próprio nome sugere, a raça Husky Siberiano é originalmente da Sibéria, na Rússia, e é uma das mais antigas do mundo. A dispersão desses exemplares pelo mundo é atribuída a uma tribo chamada Chukchi, que utilizava os cachorros para puxar trenós pela neve. Porém, foi em 1925 que ganharam maior notoriedade. Isso porque uma pequena cidade do Alasca chamada “Nome” passou por uma epidemia de Difteria (doença infectocontagiosa que se não tratada rapidamente pode ser fatal e levar o infectado à morte). Com a urgência no tratamento da enfermidade, um morador dessa cidade montou um  grupo de cães para buscar medicamentos em uma cidade distante. Os animais enfrentaram um inverno bem rigoroso e fizeram em seis dias uma viagem o que normalmente levaria vinte e quatro dias! O episódio ficou conhecido como “Corrida do Soro de Nome”. No ano de 1930, a raça foi reconhecida oficialmente pelo American Kennel Club.

husky-siberiano

Husky Siberiano filhote

Desde muito pequenininhos os huskies possuem um ar independente e podem se mostrar bem teimosos se não educados de maneira correta, mas quando socializados desde cedo, eles podem se tornar ótimos cães.

A raça é bem enérgica e os filhotes possuem essa energia em dobro. Por isso, é fundamental que façam passeios e atividades rotineiras, a fim de não se sentirem ociosos/ entediados Caso não tenham suas necessidades como espécie supridas, os filhotes da raça Husky Siberiano podem desenvolver comportamentos problemáticos, como destruir objetos, móveis e roupas. Brinquedos e petiscos podem servir de auxílio, mas um passeio vigoroso na rua é fundamental e indispensável. 

Os huskies são carinhosos com seus membros preferidos da família e quando filhotes isso fica ainda mais evidenciado. Gostam de receber atenção e carinho e caso não recebam, podem se frustrar e desenvolver um comportamento ansioso e depressivo. Como desde os primórdios a raça acompanha os humanos e a matilha, os huskies detestam ficar sozinhos. 

Husky Siberiano adulto

Considerados adultos após um ano de idade, os cães da raça Husky Siberiano podem ser bem teimosos se não forem educados e adestrados desde filhotes. Por natureza, esta raça tende a ser independente e não gosta de receber ordens. Enérgicos, os adultos assim como os filhotes, necessitam de atividades físicas e mentais diariamente. 

Atividades como o enriquecimento ambiental podem auxiliar no adestramento dos cães desta raça. 

O enriquecimento ambiental é um conjunto de fatores e objetos que possibilitam que cada espécie expresse comportamentos e habilidades que são naturais e que normalmente apresentariam se vivessem na natureza. Esses objetos podem ser simples e criativos como, por exemplo, feitos de garrafas pet ou brinquedos e dispensers de petiscos. Criar obstáculos e esconder petiscos pela casa também é uma alternativa interessante e os cães adoram esse estímulo, pois lembram algo como a caça.

Husky Siberiano idoso

Essa fase da vida chega para todos e, uma vez alcançada, alguns cuidados são fundamentais e indispensáveis. A terceira idade para os cães chega por volta dos 7 anos de idade e com isso podem surgir alguns problemas de saúde, devido à imunidade mais baixa e comprometimento natural dos órgãos e articulações, podendo afetar a qualidade de vida. Por isso, todo o cuidado, atenção e amor se faz necessário.

Para evitar que o seu cachorro passe por algum problema de saúde, visitas rotineiras ao médico veterinário e check ups são essenciais. Principalmente aqueles que apresentaram ao longo da vida alguma condição digna de observação. A raça possui predisposição para algumas doenças como a displasia coxofemoral, que merece atenção e cuidados até o final da vida.

husky-siberiano

Sobre o autor

Gabriela Azevedo

Gabriela Azevedo

Formada em design gráfico e cursando medicina veterinária, profissão que herdei paixão graças ao meu pai. Catlover e apaixonada pelos meus 6 gatinhos (Tchantcham, Drake, Josh, Marie, Maysa e Cara Preta -in memoriam- ♥) e pelos pets agregados que fazem parte da minha vida (todos os que encontro. bem doida dos bichos!).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.