Como Escolher um Hotel para seu Pet Durante uma Viagem

Chegaram as férias, é hora de aproveitar o período de folga e viajar com a família! Nessa hora, todos os donos de animais de estimação padecem da mesma dúvida: o que fazer com seus bichinhos enquanto estiverem fora? Atualmente, existem diversas opções para esses animais que não vão acompanhar a família. Para viagens curtas, uma ótima opção para os cães e gatos são os alimentadores e bebedouros automáticos, sendo que para viagens longas a melhor opção é deixá-los em um hotel. No entanto, algumas precauções são necessárias ao se escolher o lugar onde deixar o bichinho, já que eles merecem ser muito bem tratados enquanto seus donos não estiverem por perto.

O primeiro passo quando se escolhe um hotel para cães e gatos é se informar quanto a rotina do lugar e verificar se os responsáveis pelo hotel são receptivos ao passar tais informações. No entanto, o mais importante é visitar o local e chegar as questões de segurança, higiene e as instalações, pois a saúde dos animais deve ser mantida em perfeito estado; é por isso que hotéis sérios exigem que todos os cães estejam com a vacinação em ordem e também fazem questão de mostrar como é feito o controle de ectoparasitas (pulgas e carrapatos).

Também é muito importante observar o espaço disponível para o lazer dos animais, que deve ter, no mínimo, 200 m² de área livre. Quanto aos dormitórios, é essencial que sejam individuais, respeitem o espaço mínimo de 3m² cada e disponham de caminhas limpas e confortáveis, assim como um banheiro para cachorros.

Todos os direitos reservados a a.dayrit

Deve-se observar a infraestrutura do hotel antecipadamente para conhecer o espaço disponível para o lazer dos animais.

Alguns hotéis disponibilizam piscinas, brinquedos e até spa, que são opções super interessantes e atrativas. Porém o ideal é que o local procure manter ao máximo possível a rotina que os animais já dispõem em suas casas. Outro ponto importante a ser avaliado é a interação entre os animais já hospedados com os monitores e recreadores, pois animais bem tratados reagem bem ao contato com essas pessoas.

Todos os hotéis para animais são obrigados a ter um veterinário responsável pelo local, além de que a empresa deve ser registrada no Conselho de Medicina Veterinária da região onde estiver localizada. Portanto é extremamente importante saber se os veterinários estão disponíveis o tempo todo para cuidar dos animais e se possuem registro ativo.

Para ajudar o cãozinho que é apegado a família a lidar com essas situações, os donos devem investir em socialização desde quando o animal é filhote, ensinando-o a ficar na companhia de outras pessoas e animais. Uma dica importante: segundo as leis de trânsito, para transportar o bichinho até o hotel é imprescindível usar caixas de transporte. A escolha do lugar adequado fará toda a diferença para que o animalzinho se mantenha feliz até retornar para sua casa, além de garantir que toda a família tenha férias tranquilas e sem preocupação.

Sobre o autor

Bruno Oliveira

Deixe um comentário