Cadastre-se e ganhe 20% OFF na primeira assinatura!

Dia mundial do gato: o mito sobre os gatos pretos

Há 12 mil anos, a base familiar do ser humano era a agricultura. As pessoas viviam em pequenas aldeias agrícolas e tinham como meio de sobrevivência a plantação de grãos, como o trigo.

Esse primeiro armazenamento de grãos no Oriente Médio começou a atrair muitos ratos e, consequentemente, os gatos começaram a aparecer nesta região.

Dotado de um comportamento caçador e sendo uma espécie que se reproduzia muito rápido, mesmo sendo um animal mais “tímido” e até considerado mais “arisco”, os gatos começaram a se aproximar dos seres humanos e a conviver mais próximo a eles.

O que se sabe até hoje é que o nosso gato “doméstico” possui como ancestral comum a espécie Felis Silvestris Lybica. A diferença física entre os dois não é tão grande, mas, com o decorrer da evolução dessa espécie, notamos que o nosso gato se tornou mais amigável e mais falante, consequência do convívio com o ser humano. 

gato preto filhote de frente

E de onde vem a história que gato preto dá azar?

Durante a sua história, os felinos passaram por altos e baixos. Foi no Egito que os gatos de todas as cores tiveram a sua melhor fase: eram considerados deuses e adorados pela população. Mas o gato preto teve uma história especial.

Os antigos egípcios veneravam o gato preto. Eles eram considerados criaturas mágicas e símbolo de boa sorte. Bastet, deusa do lar, da fertilidade e das mulheres, é retratada na mitologia egípcia antiga com a cabeça de um gato preto e um corpo humano.

 Por esse motivo, os gatos pretos eram considerados a encarnação da deusa Bastet e tratados como realeza no Egito Antigo, tendo seus próprios templos. Seus tutores colocavam jóias e os alimentavam com comida da realeza. Matar um gato preto era um crime punível com a morte nessa época.

Não imaginavam os antigos egípcios que anos depois toda essa história mudaria. Com a chegada do Cristianismo começou a perseguição pelos gatos pretos. 

A história que mais se conhece é a do Papa Gregório IX, que no ano de 1232 afirmou que os tutores de gatos eram verdadeiros bruxos e que gatos pretos eram sim a cor do mal, condenando assim toda uma população de felinos naquela época.

Esses acontecimentos que acreditamos terem iniciado na Idade Média foram responsáveis pela errada associação do gato preto com o azar e por creditar à sexta-feira 13 a data relacionada às trevas e às bruxas. 

Atualmente, muitos abrigos fazem campanha para que tutores de gatos pretos fiquem atentos na época de Halloween e sexta-feira 13. A maioria não permite adoção nessas datas com intuito de proteger os bichanos.

Infelizmente, até hoje precisamos lamentar que ainda vemos seres humanos ignorantes que trazem esse antigo mito de que “gato preto dá azar”. Reflexo do pensamento medieval e crenças antigas. Tanto tempo depois, esses fascinantes e belíssimos felinos ainda carregam o peso da ignorância e maldade dos humanos.  

Gato preto deitadp

Conviver com gatos é sinônimo de felicidade 

Já é comprovado cientificamente que a convivência com gatos traz muitos benefícios para o ser humano, entre eles destacamos: 

  • Diminuição do estresse, depressão e ansiedade
  • Menor risco de doenças do coração
  • Melhora da imunidade
  • Aumento da expectativa de vida
  • Melhor qualidade do sono
  • Ajuda no desenvolvimento mental de crianças etc.

A maioria das pessoas que julgam os gatos de maneira negativa faz isso pela falta de informação e pelo preconceito carregado em toda a história de domesticação dele.

Cabe a nós, amantes desses fantásticos animais, mudar o rumo dessa história e fazer do nosso mundo um local acolhedor e seguro para essa espécie tão especial e apaixonante!

Compartilhe esta matéria!

Sobre o autor

Isabela Zitti

É Médica Veterinária Especializada em Comportamento Felino e com pós- graduação em Clínica Médica de Felinos. Possui 10 gatos ( 8 resgatados da rua) que são o amor da vida dela, e esse amor a fez dedicar-se exclusivamente ao atendimento comportamental de felinos.
Isabela possui várias certificações internacionais e realiza consultas, cursos e palestras por todo o país.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.