Doença do carrapato

Doença do carrapato

A maioria dos proprietários de cachorro tem medo da doença do carrapato. Na verdade a doença é transmitida pelo carrapato e pode ser fatal em grande parte dos casos. Os carrapatos de cachorro, Rhipicephalus sanguineus ao sugarem sangue do hospedeiro inoculam dois agentes de doença que causam juntos ou separados o que todo mundo chama de doença do carrapato.

Erlichiose canina:

A erlichiose canina é causada pela ricketsia Erliquia canis, um parasita que vive dentro dos globulos brancos do hospedeiro. Ao habitar os globulos brancos este são danificados e morrem, causando a maior alteração no hospedeiro, uma baixa de globulos brancos (monocitos e macrofagos) e de plaquetas. O mais interessante é que a doença pode ficar assintomatica por até 10 anos e quando ocorre uma queda de resistencia do cachorro hospedeiro, a doença pode aparecer mesmo que a presença de carrapatos se deu a muito tempo atras.

Sintomas da erlichiose canina:

Os sintomas da erlichiose são letargia, fraqueza, febre, perda de peso, corrimento nasal, hematomas, sangramentos. O diagnostico pode ser feito pela analise sanguinea (hemograma) e pelo achado das morulas de Erlichia canis no esfregaço sanguineo. O tratamento de eleição é a base de doxyciclina.

A prevenção deve ser feita durante toda a vida do animal, com produtos que acabam e previnem infestações de carrapatos.

Babesiose Canina:

A babesiose canina é causada pela Babesia canis, um protozoario transmitido pela picada do carrapato. Apos a picada do carrapato a Babesia canis tem tropismo pelos globulos vermelhos, causando alteração nesses globulos e destruindo os mesmos. O resultado é anemia, fraqueza, prostração, febre, aumento da coloração da urina (hemoglobinuria), sintomas respiratorios e neurologicos podem ocorrer raramente. O diagnostico geralmente é baseado na anamnese (levantamento da historia) e nos sinais clinicos, pois o achado dos parasitas no exame hematologico é mais dificil que a erlichiose. O tratamento de eleição é uma aplicação de imidocarb a cada 14 dias em duas aplicações.

Dr marcio waldman medico veterinario

Diretor e fundador do www.petlove.com.br

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

Deixe um comentário