Gatos sabem reconhecer e distinguir seus próprios nomes

Se você já se perguntou se seu gato poderia mesmo saber que se chama “Fígaro”, “Simba” ou “Mingau”, alguns cientistas se esforçaram para provar que sim! Um estudo realizado em uma universidade no Japão mostrou que nossos felinos domésticos sabem distinguir seus nomes e diferenciar quando estão sendo chamados por seus pais humanos.

Apesar disso, os estudiosos perceberam também que não é raro que os peludos nos ignorem vez ou outra. Para ter certeza dos resultados, os pesquisadores utilizaram uma espécie de caixa de som e monitoraram expressões típicas dos gatos – como movimentos de orelhas, cabeça e rabo – ao emitir palavras aleatórias e os nomes dos gatinhos.

Os sons foram gravados pelos tutores dos animais e também por desconhecidos para ter certeza de que não estavam sendo influenciados por questões emocionais. Para a surpresa de todos, mesmo aqueles gatos que vivem com vários outros pets sabiam identificar seus nomes, não os confundindo com os de seus “irmãos”. 

A responsável pelo projeto, Atsuko Saito, disse que o estudo diz muito sobre a relação entre gatos e humanos, mostrando que é possível que nossos felinos estejam mais conectados conosco do que imaginamos. “Gatos entendem as pistas humanas melhor do que muitas pessoas pensam”, concluiu. 

Sobre o autor

Jade Petronilho

Jade Petronilho

É jornalista por formação e comportamentalista veterinária por paixão. Desde criança é a "louca dos bichos", por isso resolveu estudar medicina veterinária, etologia e nutrição animal, mas ainda pretende, um dia, fazer zootecnia. Atualmente tem dois cachorros, dois gatos e 13 peixes, mas além de cães, gatos e peixes, também já foi tutora de um coelho, três periquitos, dois porcos da índia, dois pintinhos e três cabritos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.