Gota nas Iguanas

Cada vez mais as pessoas têm procurado um bichinho de estimação, mas nem sempre o cão ou o gato são escolhidos. Alguns preferem ter um pet exótico, como réptil. Dentre esse grupo, a iguana é uma das mais procuradas, pela sua beleza, seu temperamento e encantamento, que são capazes de proporcionar às pessoas. Para criar um bicho desses, que pode chegar a até 1,80 m de comprimento, é preciso ter cuidados especiais: habitat e acessórios específicos e apropriados, alimentação correta e uma atenção constante, para notar algo diferente no animal que possa indicar uma possível doença, uma delas é a gota.

Gota é a deposição de cristais de ácido úrico (uratos) em tecidos. Ácido úrico é uma substância resultante do processo de metabolismo das proteínas ingeridas pelo animal, normalmente, é eliminado através da ação dos rins, mas quando a quantidade de ácido úrico encontrada no sangue é muito grande e os rins não conseguem eliminá-lo, ocorre a formação de cristais nas articulações (gota articular) ou em certos órgãos como os rins, baço, fígado, pulmões, membranas mucosas, entre outros.

As causas mais frequentes dessa doença são: a desidratação, a insuficiência renal ou a alimentação inadequada. Animais que são alimentados de maneira errada, como por exemplo, com ração de cão ou gato, que têm uma grande quantidade de proteínas, muito maior do que a iguana deve ingerir, são grandes candidatos a adoecerem e terem gota.

Os sinais clínicos encontrados são articulações aumentadas de volume, manchas brancas na mucosa da boca, rins com dimensão aumentada. Os uratos são dolorosos e limitam o movimento do animal. Como os sinais clínicos são parecidos com os de outras doenças, ao ser levada ao médico veterinário, além de um exame clínico e a coleta do histórico do animal, o profissional poderá pedir exames como radiografias, biópsias ou outras análises laboratoriais.

Algumas lesões na articulação precisam ser tratadas com cirurgia, há também alguns medicamentos que podem ajudar a baixar a circulação de ácido úrico no sangue, mas estipular a quantidade adequada a ser administrada é algo bastante complicado. Se for diagnosticado que a alimentação do pet está incorreta, a mesma deve ser corrigida com urgência para evitar problemas posteriores.

O melhor a ser feito com a gota é evitar que apareça, para isso, a alimentação adequada a espécie é parte essencial. Com a prescrição do veterinário, é importante oferecer vitaminas e outros suplementos alimentares, dessa maneira, seu bichinho não sofrerá com deficiência de nutrientes e sua saúde será garantida.

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

2 Comentários

  • Bom dia, minha sobrinha tem uma iguana e esta com umas manchas brancas na boca, pode ser doença, como deve ser tratada. Gostaria de algumas informações se possível.
    obrigada: Franci

    • Oi Franci!
      O melhor que você pode fazer é perguntar para algum veterinário! Ele é o mais capacitado para te ajudar a solucionar o problema.

Deixe um comentário