Meu cachorro comeu algo que não devia! E agora?

Curiosos, xeretas e arteiros. Levanta a mão quem tem um cachorrinho assim o/. Pois bem, só quem convive com esses bagunceiros de 4 patas sabe do que eles são capazes. Na maioria das vezes o resultado final consiste em alguma almofada furada, um brinquedo destruído ou um saco de lixo rasgado. Mas essas aventuras podem fazer com que seu cachorro acabe engolindo algo que não devia e você deve saber o que fazer para ajudá-lo.

O que são corpos estranhos?

Quando seu cãozinho come algo que não devia, é chamado de “corpo estranho” já que aquilo que está no organismo do animal não deveria estar ali.

Ao engolir algo assim, o animal pode sofrer de várias formas. Um objeto muito grande pode causar obstrução intestinal ou ainda ferir as paredes do estômago e do intestino caso seja pontudo (o que pode ser fatal). Além disso, ele pode engasgar (já tratamos deste assunto nesse post aqui) ou ainda se intoxicar no caso de uma planta ou alimento restrito, por exemplo.

Foto: hypescience.com. Raio X de um Golden Retriever que engoliu uma lâmpada.

Como saber que meu cachorro engoliu algo que não devia?

Bom, quando você chega e se depara com alguma destruição, um vaso de planta no chão, um saco de lixo espalhado… isso não quer dizer necessariamente que seu cãozinho engoliu algo. Mas pode ser um grande indício de que isso aconteceu. Mas também há casos onde os pequenos ladrões roubam algum objeto ou comida e você nem percebe. Por isso fique atento a alguns sintomas que podem indicar a ingestão de algo indevido:

vômito e diarréia;

falta de apetite;

apatia.

Em caso de envenenamento podem ocorrer episódios de vômito e diarréia com sangue e até convulsões.

É muito importante que você não tente medicar o bichinho por conta própria, dando leite ou qualquer outro remédio com a intensão de provocar o vômito. Essas atitudes podem piorar a situação. No caso de envenenamento isso pode acelerar a absorção da substância pelo organismo e se um objeto estiver preso no estômago ou intestino, pode acabar machucando esses órgãos.

Por isso ao observar qualquer um desses sintomas corra com o animal para o veterinário. Caso você encontre pedaços de madeira (no caso de palitos de churrasco, por exemplo) cacos de vidro, embalagens de remédio ou qualquer outra situação que dê indício de que ele possa ter engolido algo muito perigoso, nem espere os sintomas, já corra com ele para o médico.

No veterinário ele passará por exames como Raio X e ultrassom onde o profissional avaliará os procedimentos que podem ser desde acompanhamento para o objeto ser expelido naturalmente até cirurgia.

Como prevenir essa situação

Não podemos garantir 100% da segurança de nossos bichinhos, ainda mais quando se trata de algo que eles engoliram sem você perceber. O que podemos fazer é tomar o máximo de cuidado com o que deixamos ao alcance deles. Deixar fechados cômodos que tenham muitos objetos espalhados; manter o saco de lixo dentro de cestos fechados e pesados para que eles não consigam virar; remédios, produtos de limpeza e venenos devem ficar em armários fechados. Igual quando temos criança em casa e precisamos tomar medidas de segurança, sabe? Mas no caso dos bichinhos é um pouco pior já que de vez em quando eles ficam sozinhos dentro de casa =/.

Outra coisa importante é com relação aos brinquedos. Muita gente presenteia os cachorrinhos com brinquedos antigos que tinha em casa, bolas e pelúcias de crianças. É importante que os brinquedos do seu cachorrinho sejam sempre exclusivamente aqueles feitos para os pets. Isso porque esses brinquedos já são fabricados levando em conta uma possível destruição. Por isso eles são feitos de materiais não tóxicos e que, caso sejam destruídos e engolidos pelo animal, não resultem em maiores problemas. Mas vale lembrar também que você sempre deve oferecer brinquedos maiores que a boca do seu amigo, para evitar que ele engasgue.

Sobre o autor

Bruna Cela

Bruna Cela

Publicitária e aspirante a empresária. Mãe coruja da Sunny, daquelas que posta mil fotos no Instagram (como essa aí de cima). Ama tudo o que é relacionado a arte e a escrita é sua melhor ferramenta de expressão. Conversa com todos os pets que encontra pelo caminho e jura que, na maioria das vezes, eles respondem.

1 Comentário

Deixe um comentário