Pastor de Malinois

pastor de malinois

Pastor de Malinois
imagem: site fcm.mx

Este grande cão de pastoreio de quatro variedades seria descendente de cães de rebanhos da Europa central ou de cruzamentos entre raças locais de Mastins e de Deerhound vindos da Inglaterra no século XIII. No século XIX existia na Bélgica uma grande variedade de cães autóctones parecidos com cães de pastoreio, de cores e texturas de pêlo muito diversas. As primeiras seleções ocorreram por volta de 1885. O Clube do Pastor belga, criado em 1891 por um professor de zootecnia, A. Reul, que estabeleceu os fundamentos de identificação racial, com um primeiro padrão em 1984, após ter distinguido quatro variedades. A grande maioria dos Pastores belgas de pêlo curto da região de Malines foi denominada “Malinois”. Essa raça conhecida pela sua eficiencia como cão de guarda é o preferido de serviços de segurança em toda a Europa.

GRUPO CINOLOGICO 1

CÃES PASTORES
PAÍS DE ORIGEM Bélgica
NOME DE ORIGEM Belgische Herdershond , Groenendaler,Lakense, Mechelaar,Tervureren
OUTROS NOMES Groenandel, Laekenois, Malinois,Tervueren

Principais características anatômicas:

CABEÇA
Bem destacada, longa, seca. O focinho vai se afinando gradualmente. Chanfro nasal reto. Stop moderado, mas marcado. Lábios bem
juntos. Bochechas secas, achatadas.
OLHOS
De tamanho médio, ligeiramente amendoados, castanhos, pálpebras contornadas de preto.
ORELHAS
De inserção alta, eretas, triangulares, e rígidas.
CORPO
Poderoso sem ser pesado. Pescoço bem erguido. Peito pouco largo. Linha do dorso reta, larga poderosamente musculosa. Garupa
ligeiramente inclinada.
MEMBROS
Musculatura seca e forte. Membros posteriores poderosos, sem ser pesados. Patas redondas, dígitos bem juntos
CAUDA
Forte na base, de comprimento médio, pendente em repouso. Não forma gancho nem desvia.
PÊLO
Sempre abundante, cerrado. Subpêlo lanoso. Crina , culotes nas coxas. Pêlo longo (curto na testa):
Malinois. Pêlo duro (áspero, secura do pêlo eriçado, de 6 cm):
PELAGEM
A máscara deve abranger os lábios superiores e inferior, a comissura dos lábios e as pálpebras numa única área preta.
Malinois: unicamente fulva carbonada com máscara preta.

TAMANHO DO PASTOR DE MALINOIS

Macho: de 60 a 66 cm.
Fêmea: de 56 a 62 cm.

PESO DO PASTOR DE MALINOIS

De 28 a 35 kg

Temperamento, aptidões, educação:
Nervoso, sensível, impulsivo. Muito vivaz em sua resposta aos diversos estímulos. Vigilante, atento, uma personalidade forte.
Muito dedicado a seu dono, mas por vezes agressivo com estranhos.Muito ativo, dinâmico, precisa ser exercitado. Não suporta estar preso. O Malinois, que desde o final do século XIX foi selecionado para a guarda e o esporte, é mais virulento, com um temperamento mais forte que as outras variedades que são uns “obedientes atrevidos”, devido a suas origens mais especificamente pastoreias.
Extremamente sensíveis, não suportam a brutalidade, são cães cuja educação deve ser conduzida com suavidade, com firmeza e com muita paciência.
Conselhos
Necessitam de uma grande harmonia assim como de exercício regular para serem felizes. Para as variedades de pêlo longo, uma escovação semanal é necessária.
Utilizações
Pastoreio, policial,rastreador, de resgate, auxiliar nas alfândegas. Cão de companhia (extremamente afeiçoado a seu dono e seu habitat)

Fonte: enciclopedia do cao ROYAL CANIN

Sobre o autor

Dr. Marcio Waldman

Dr. Marcio Waldman

Medico veterinário, diretor e fundador do www.petlove.com.br. Formado em 1988 pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e pós graduado em latu sensu em odontologia veterinária, foi secretário geral da Anclivepa SP (associação nacional de clínicos veterinários de pequenos animais) e sócio fundador do Simpavet (sindicato patronal dos médicos veterinários). Atuou como clínico veterinário de pequenos animais de 1988 a 2005 em São Paulo, e em 2005 terminou a atividade na clinica para se dedicar exclusivamente ao Pet Love.

Deixe um comentário